Últimas Notícias do Fluminense

Ídolo do Fluminense descartou convite da seleção brasileira

Renato Gaúcho, ícone do futebol brasileiro e figura emblemática no Fluminense, expressou uma opinião contundente sobre a possibilidade de assumir o comando técnico da Seleção Brasileira, cargo atualmente assumido por Dorival Júnior, após a demissão de Fernando Diniz.

Em um momento de franca sinceridade, durante uma entrevista concedida ao Abre Aspas do ge, o ex-jogador e treinador revelou que, sob as circunstâncias atuais, declinaria de um convite para dirigir a equipe nacional, apontando diretamente para as questões organizacionais da Confederação Brasileira de Futebol como motivo principal.

“Se eu fosse chamado para a seleção agora, eu não iria. Com todo o respeito”, afirmou Renato. O polêmico treinador acrescentou: “Nessa bagunça eu não vou entrar não. A Seleção Brasileira é meu sonho, mas a CBF tem que tomar vergonha na cara. A verdade é essa”.

Ídolo do Flumiense descarta ida à Seleção Brasileira

Renato Portaluppi ressaltou que não houve qualquer contato por parte da CBF antes da escolha de Dorival Júnior para assumir a seleção, mas foi enfático ao dizer que a entidade necessita de profundas reformas. “Eu não quero chegar na Seleção Brasileira e ser mais um… Graças a Deus ninguém me chamou. Eu não iria. Do jeito que está a situação na CBF, independente de quem quer que seja o presidente da CBF, mas ela tem que tomar vergonha na cara. Para o bem do futebol brasileiro”, destacou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Além disso, o atual técnico do Grêmio enfatizou sua ética profissional, declarando que não negocia com clubes ou seleções enquanto estes possuírem um técnico, em respeito aos colegas de profissão. “Eu não trato com ninguém de qualquer clube enquanto o clube ou a seleção brasileira tiver treinador. Eu vou respeitar. Se alguém me procurar, pode me esquecer. Quer me contratar tem que estar sem treinador. Eu não vou sacanear colega de profissão”, concluiu.

Alvaro Cunha

Completamente apaixonado por esportes, videogames e cinema. Acompanha diversas competições de futebol, futebol americano, corridas, golfe e outros esportes.
Botão Voltar ao topo