Últimas Notícias do Fluminense

Ídolo do Fluminense assina com time da Europa para 2024

Wellington Nem, meio-atacante brasileiro revelado pelo Fluminense, dá mais um passo em sua trajetória ao assinar contrato com o Kisvárda FC, equipe que compete na primeira divisão do futebol húngaro. O jogador, que recentemente completou 32 anos, vê na mudança para a Hungria uma oportunidade de revigorar sua carreira, após um período defendendo o Vitória, onde contribuiu para a conquista do título da Série B.

Nem, cujo vínculo com o clube húngaro se estende até o final da temporada europeia, estava livre no mercado e atraiu interesse de diversos clubes internacionais antes de optar pelo Kisvárda, atualmente lutando para melhorar sua posição na liga local. Sua transferência para o futebol europeu não é novidade em sua carreira, já que teve uma passagem significativa pelo Shakhtar Donetsk da Ucrânia, além de uma estadia no Arouca, de Portugal.

Ex-jogador do Fluminense vai para o futebol húngaro

O jogador expressou otimismo com o novo desafio, destacando sua condição física ao terminar a última temporada sem lesões, após participar de 30 jogos pelo Vitória, marcando dois gols e contribuindo com três assistências. Apesar de ter começado muitos desses jogos no banco de reservas, Nem vê no Kisvárda a chance de assumir um papel mais central e provar seu valor no cenário internacional.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Revelado pelo Fluminense, onde conquistou o Campeonato Brasileiro em 2012, Wellington Nem acumulou experiência em diversos clubes brasileiros, incluindo São Paulo, Cruzeiro, Fortaleza e Figueirense. Sua mudança para o Kisvárda marca mais uma etapa na carreira do atleta, que busca reinventar-se e impactar positivamente seu novo clube na luta para escalar posições no campeonato húngaro.

Alvaro Cunha

Completamente apaixonado por esportes, videogames e cinema. Acompanha diversas competições de futebol, futebol americano, corridas, golfe e outros esportes.
Botão Voltar ao topo