DestaquesJogos e Partidas do FluminenseÚltimas Notícias do Fluminense

Guerrero não poupa palavras e rasga o verbo sobre o Fluminense no Mundial

O Fluminense está cada vez mais próximo de entrar em campo pela final do Mundial de Clubes da FIFA, onde a equipe Tricolor terá como adversário o campeão europeu Manchester City, comandado por Pep Guardiola. Próximo de ocorrer a partida, a final já chama a atenção de todos, gerando muitos comentários.

E o autor do gol do último título não europeu no Mundial, Paolo Guerrero, comentou sobre a grande decisão, falando bastante sobre o Fluminense. Guerrero esteve com o elenco do Corinthians, que foi campeão do Mundial de Clubes em 2012 contra o Chelsea, marcando os dois gols do Alvinegro na competição (Semifinal contra o Al Ahly e final contra o Chelsea).

Durante sua fala, Paolo Guerrero, que está de saída da LDU, disse que acredita sim em uma vitória do Tricolor Carioca na grande final do Mundial e que ainda vê uma semelhança muito grande no estilo de ambas as equipes, não cravando quem irá ganhar, mas que espera um grande duelo entre o clube europeu e o brasileiro.

Guerrero fala sobre o Mundial de Clubes

Conhecendo muito bem a competição e vivendo a final contra um clube inglês, Guerrero destacou a grande equipe que o Fluminense tem. No entanto, para vencer, o Tricolor deverá doar tudo que tem em campo, tanto fisicamente, taticamente e tecnicamente, acreditando no título sul-americano no Mundial.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Esse esporte não dá pra prever absolutamente nada. Os dois times têm estilos de jogo parecidos, com jogadores de muita qualidade. Não tenho um palpite. Mas creio que será um grande jogo para se assistir. Tem que dar tudo fisicamente, taticamente e tecnicamente. Pois é só um jogo e os dois lados têm chances de vencer. É fazer o que eles já têm treinado faz tempo.” – Falou o atacante.

Vale lembrar que Paolo Guerrero, além de ter jogado no maior rival do Fluminense, o Flamengo, também o atacante jogava na LDU, adversário do Flu na final da Recopa Sul-Americana. No entanto, devido a problemas internos na equipe de Quito, tanto Guerrero quanto o técnico da equipe saíram do time do Equador e não irão participar da Recopa.

Leonardo Simões

Trabalhar com futebol é algo que hoje é minha maior realização, por mais que em outras áreas eu tenha uma boa qualidade é no futebol que eu me identifiquei.Também sou apaixonado por basquete e sempre tento acompanhar todas as ligas, sendo bem antenado a acompanhar diversos esportes além do futebol.Antes de trabalhar com futebol fiz diversos trabalhos, sendo de atendente em shopping até vendedor em televendas, e principalmente após começar a faculdade de jornalismo decide rumar para a área esportiva.
Botão Voltar ao topo