Últimas Notícias do Fluminense

Grêmio vence o Fluminense por 4 x 2 e encaminha classificação na Libertadores

No último sábado (8), o Fluminense se deparou com o seu adversário para as oitavas de final da Copa Libertadores da América. Com o empate junto ao Estudiantes, o Grêmio se classificou na segunda posição do Grupo C, e reencontrará a equipe carioca. As duas equipes já se enfrentaram anteriormente, em 2013, mas pela fase de grupos do torneio continental.

Pensando em desafios pelo mata-mata, Grêmio e Fluminense já se enfrentaram seis vezes, todos pela valiosa Copa do Brasil. Vale ressaltar que o Imortal leva vantagem, acumulando simplesmente quatro classificações contra duas da equipe carioca. Portanto, essa será a sétima vez que se encontrarão. A expectativa é grande, e o técnico Fernando Diniz pretende desfazer as estatísticas.

Os resultados se desdobraram da seguinte maneira: Copa do Brasil 2001 (Grêmio classificado), Grêmio 1 x 0 Fluminense e Fluminense 0 x 0 Grêmio. Em seguida, Copa do Brasil 2004 (Grêmio classificado), Fluminense 2 x 2 Grêmio e Grêmio 4 x 1 Fluminense. Pela terceira vez, na Copa do Brasil 2005 (Fluminense classificado), Fluminense 3 x 0 Grêmio e Grêmio 0 x 1 Fluminense.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fluminense deseja novo título da Libertadores

Os últimos três confrontos terminaram em: Copa do Brasil 2010 (Grêmio classificado), Fluminense 2 x 3 Grêmio e Grêmio 2 x 0 Fluminense. Copa do Brasil 2015 (Fluminense classificado), Fluminense 0 x 0 Grêmio e Grêmio 1 x 1 Fluminense. Por fim, Copa do Brasil 2017 (Grêmio classificado), Grêmio 3 x 1 Fluminense e Fluminense 0 x 2 Grêmio. Agora, a expectativa é pela Libertadores.

Por ser o atual campeão da Copa libertadores da América, o Fluminense carrega importante favoritismo, e vai em busca de seu bicampeonato ao lado de Fernando Diniz. No entanto, o Grêmio não pretende medir esforços para avançar na competição, e também conquistou resultados satisfatórios em 2023, sendo o vice-campeão brasileiro ao comando de Renato Portaluppi.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo