Últimas Notícias do Fluminense

Governador do RJ passa por cima do Fluminense e cede o Maracanã ao Vasco

No próximo final de semana, quatro equipes do Rio de Janeiro vão em busca da vaga para a final do Campeonato Carioca. No duelo de ida, o Flamengo levou a melhor sobre o Fluminense, vencendo por 2 a 0. Enquanto isso, Vasco da Gama e Nova Iguaçu alcançaram o empate em 1 a 1, deixando as possibilidades ainda maiores para o confronto de volta, que ainda gera certa dúvida em relação ao local.

Na última quarta-feira (13), Nova Iguaçu e Vasco da Gama utilizaram as redes sociais para compartilhar que o clube da baixada não contaria com o Maracanã para o segundo jogo. A decisão acabou sendo confirmada para o estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, às 16h, no próximo domingo (17). O Governador do Rio, Cláudio Castro, comentou sobre o assunto.

“Fala, pessoal, sobretudo o torcedor vascaíno, queria fazer um esclarecimento importante. Em primeiro lugar, não há, nunca houve e não vai haver nada contra o Vasco vindo do Governo do Estado. No último domingo, me ligaram para avisar que o Vasco entraria em campo com a camisa escrita “Maracanã para todos”. Avisei a FERJ que o governo não tinha nada a ver com isso”, disse.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Castro comenta tentativa de Nova Iguaçu e Vasco

Vale ressaltar que o encontro entre Flamengo e Fluminense acontecerá no sábado (16), às 21h, desta vez tendo a equipe rubro-negra como mandante. O presidente do Nova Iguaçu, em entrevista ao ‘O Globo’, detalhou a tentativa de mandar o jogo para o Maracanã, no entanto, confirmou em um primeiro momento que não recebeu uma resposta do Consórcio que administra o local.

“No dia seguinte, me ligaram o deputado Anderson Moraes e o presidente do Nova Iguaçu, falando que o Nova Iguaçu gostaria de jogar no Maracanã. Eu disse que era bem-vindo o jogo, que estava liberado Vasco e Nova Iguaçu jogarem. Não sei porque adiaram o jogo. Quero garantir para você, torcedor do Vasco e do Nova Iguaçu e para as duas diretorias, o Maracanã está à disposição de qualquer jogo. Se a FERJ e o mandante (Nova Iguaçu) quiserem fazer o jogo lá, podem fazer”, disse Castro.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo