Últimas Notícias do Fluminense

Germán Cano no Boca Juniors pegou todos de surpresa

Germán Cano, atacante do Fluminense, poderia ter defendido o Boca Juniors em sua carreira, de acordo com o ex-jogador argentino Cristian Fabbiani. Fabbiani, que atuou no Lanús com Cano no início da carreira do centroavante tricolor, revelou que recomendou o jogador a Juan Román Riquelme, ex-jogador e atual presidente do Boca Juniors.

“Crescemos juntos, sei o sacrifício. Quando eu trabalhava na ESPN, em um momento com o Riquelme, nós nos juntávamos muito. Falei que deveria buscar o Cano para o Boca. É um jogador que eu via no Boca. Boca e River são diferentes na maneira de jogar. Cano tem um perfil que poucos jogadores têm. Está sempre uns três segundos na frente dos defensores, bate com as duas pernas. Acho que o 9 do Boca sempre deve ser como o Palermo”, contou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Riquelme era vice-presidente do Boca na época da final da Copa CONMEBOL Libertadores entre Fluminense e Boca Juniors, vencida pelo Fluminense. Fabbiani elogiou as qualidades de Cano, destacando seu perfil como jogador de área e sua capacidade de antecipar-se aos defensores.

Germán Cano quase reforçou o Boca Juniors

Ele sugeriu que Cano seria um bom encaixe no estilo de jogo do Boca Juniors. Fabbiani também compartilhou que ele e Cano são amigos próximos, e o atacante do Fluminense deu a ele uma camisa autografada antes da final da Libertadores.

A revelação de que Cano poderia ter sido uma opção para o Boca Juniors adiciona um aspecto interessante à trajetória do jogador no futebol argentino e ao seu sucesso no Fluminense.

Alvaro Cunha

Completamente apaixonado por esportes, videogames e cinema. Acompanha diversas competições de futebol, futebol americano, corridas, golfe e outros esportes.
Botão Voltar ao topo