Últimas Notícias do Fluminense

Fluminense x River Plate: Partida pode ser anulada por pênalti não marcado?

Na quarta-feira, o Fluminense foi derrotado por 2 a 0 pelo River Plate no Monumental de Núñez, em partida válida pela quinta rodada do Grupo D da Libertadores. No entanto, a história do jogo poderia ter sido diferente.

Quando os argentinos estavam vencendo por 1 a 0, Samuel Xavier fez um cruzamento e Leandro González tentou interceptar a bola com um carrinho, mas acabou tocando-a com a mão. O árbitro colombiano não assinalou a penalidade, mas o VAR foi consultado e confirmou a decisão. O zagueiro do River envolvido no lance expressou sua opinião a respeito.

Leandro González, é claro, afirmou que não cometeu a infração. Em sua visão, a marcação de escanteio pela arbitragem foi correta:

“Quando vou para o chão, a única parte que faz contato é minha mão, não o braço inteiro. Não ocupei nenhum espaço extra, então tive certeza de que ela bateu na minha mão porque a bola foi direto para lá e não porque eu coloquei. Eu estava muito tranquilo e a verdade é que o árbitro estava certo “

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

A situação “azedou”?

Felipe Melo, uma das figuras mais influentes do Fluminense e conhecido por seu estilo intenso de jogar e suas declarações polêmicas, compartilhou sua análise sobre os dois jogos entre o Fluminense e o River Plate (ARG) na Libertadores.

“Primeira partida foi equilibrada até a expulsão. Aqui era uma final, sobretudo pro River. Se não ganha, está fora. Sabíamos o que íamos encontrar. Estava claro que seria difícil, que o River sairia para a pressão, tentariam ter posse de bola. No Maracanã, o River fez muitas faltas no primeiro tempo e o árbitro não dava cartões. Aqui também. Isso tem de ser revisto.”

Apesar de sofrer sua segunda derrota consecutiva na competição, o Fluminense permanece na primeira posição do Grupo D, com nove pontos, e precisa apenas de um empate no último jogo contra o Sporting Cristal (PER), no Maracanã, para garantir sua vaga nas oitavas de final.

Rodrigo Simões

Apaixonado por futebol internacional e alternativo, assim como por lutas (MMA, sobretudo). A melhor coisa do mundo é desfrutar de um estádio em dia de jogo e de um bom show de rock n' roll.
Botão Voltar ao topo