Fluminense na Libertadores

Fluminense x Colo-Colo será histórico por um motivo inusitado

O Fluminense vive semana de grandes expectativas neste início de ano, em preparação para retornar aos compromissos da Copa Libertadores da América. Chegando como o atual campeão, o Tricolor atua no Grupo A, ao lado de Cerro Porteño (PAR), Alianza Lima (PER) e Colo-Colo (CHI). O último deles, será o primeiro clube chileno a encarar o Tricolor no Maracanã, pela Copa Libertadores da América.

A última vez em que o Fluminense encarou uma equipe do Chile na competição, foi na temporada de 2013, no entanto, em outro local. Naquela época, o Tricolor se desdobrava entre atuações no Engenhão, considerando que o Maracanã estava distante das possibilidades, fechado para as reformas pensadas para a Copa do Mundo de 2014. O resultado, no entanto, não é memorável.

O Fluminense acabou empatando com o Huachipato (CHI), por 1 a 1. Vale ressaltar que o Tricolor já encarou outros chilenos no local, mas nunca pela Copa Libertadores da América. Agora, o objetivo é ir em busca da vitória em casa, considerando a importância da força do torcedor, que certamente acompanhará de perto o duelo. Há grandes expectativas sobre uma nova conquista.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fluminense ainda lida com desfalques para a Libertadores

O Fluminense encontrou recentemente com clubes do Chile, pela Copa Sul-Americana, como o Antofagasta (CHI) e o Unión La Calera (CHI), por exemplo. Antes disso, já havia enfrentado a Universidad do Chile (CHI), em 2009, e a Universidad Católica (CHI), em 2005, pelo mesmo torneio. No entanto, terá a primeira experiência no Maracanã, em desafio pela Copa Libertadores.

Por enquanto, o Fluminense atua nos bastidores em preparação para o primeiro desafio na competição. Ao comando do técnico Fernando Diniz, a equipe tem se desdobado entre importantes desfalques, como é o caso de John Kennedy, Diogo Barbosa, Ganso, Marlon, e Keno, todos caminhando como ausências para o jogo de estreia.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo