Últimas Notícias do Fluminense

Fluminense terá que pagar quase R$1 milhão para atacante que mal jogou no clube

O Fluminense foi condenado a pagar uma significativa dívida a um jogador que teve uma passagem discreta pelo clube. Trata-se do atacante Ewandro, que participou de apenas quatro jogos na temporada de 2019.

Durante essas quatro partidas, Ewandro começou no banco de reservas em todas elas e não marcou gols, nem conquistou vitórias ou assistências.

Por decisão do juiz Helio Ricardo Silva Monjardim da Fonseca, da 6ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro do Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região (TRT-1), o clube foi ordenado a pagar a quantia de R$ 916.776,98 a Ewandro. Essa informação foi divulgada pelo site “Esporte News Mundo”.

O que foi alegado?

Segundo o atacante, o Fluminense deixou de pagar os valores contratuais e os depósitos do FGTS. O clube afirmou ter realizado os pagamentos, mas apresentou um valor inferior ao combinado entre as partes no pagamento do décimo terceiro salário.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

É importante destacar que durante os quatro jogos disputados pelo Fluminense, Ewandro não conseguiu marcar gols ou fornecer assistências, e nenhuma das partidas resultou em vitória. Todas terminaram em empate (três contra o Cruzeiro – duas pela Copa do Brasil e uma pelo Brasileirão – e uma contra a Chapecoense, pelo Brasileirão).

Natural de Pernambuco, o jogador possui uma trajetória que inclui passagens por diversos clubes. Ele já atuou no Sport, CRB, Vitória, Athletico Paranaense e Fluminense, no Brasil. Além disso, teve experiências no futebol europeu, defendendo as cores da Udinese, Estoril e Áustria Viena.

Rodrigo Simões

Apaixonado por futebol internacional e alternativo, assim como por lutas (MMA, sobretudo). A melhor coisa do mundo é desfrutar de um estádio em dia de jogo e de um bom show de rock n' roll.
Botão Voltar ao topo