Últimas Notícias do FluminenseDestaquesJogos e Partidas do Fluminense

Fluminense se revolta com clube da Série B e pede punição severa

Tricolor se revolta com episódio de violência

Nesta quarta-feira (21), Sport e Fortaleza se enfrentaram pela 4ª rodada da Copa do Nordeste, na Arena Pernambuco. Durante a saída do estádio, a delegação do Leão do Pici foi atacada, acarretando em escoriações em seis jogadores. Indignados com o ato de vandalismo, o Fluminense se posicionou em suas redes sociais e pediu punição severa ao rubro-negro.

Confira a nota Fluminense na íntegra:

– “Repudiamos os atos de violência sofridos pelo Fortaleza Esporte Clube na noite de ontem e desejamos pronta recuperação aos atletas feridos no lamentável episódio. É inadmissível que fatos como esse continuem ocorrendo. O Fluminense espera que sejam tomadas as devidas providências para que os responsáveis sejam punidos. Queremos paz no ambiente esportivo” – diz a postagem do Fluminense.

A princípio, uma das torcidas organizadas do Sport arquitetou depredar o ônibus do Fortaleza. Em imagens que circulam na mídia, é possível ver bombar e pedras sendo arremessadas em direção ao veículo. Como resultado do vandalismo, foram encaminhados ao hospital com ferimentos o goleiro João Ricardo, o lateral-esquerdo Gonzalo Escobar, o lateral-direito Dudu, os zagueiros Titi e Brítez e o volante Lucas Sasha.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fluminense não foi o único

Mostrando que a rivalidade ocorre apenas dentro de campo, diversos clubes se juntaram ao Fluminense e prestaram solidariedade com o time do Fortaleza. De modo geral, os perfis cobraram uma penalização aos infratores, bem como a necessidade de acabar com a violência no esporte. Confira a lista dos times que apoiaram o Leão do Pici:

  • Fluminense – Palmeiras – Atlético-GO – América-RN – Juventude – GrêmioVasco da Gama – RB Bragantino – Ferroviário – Coritiba – Ceará;

Iara Alencar

Sou apaixonada por esportes, principalmente pelo futebol. Trabalho há cinco anos como redatora esportiva e publico matérias sobre as principais ligas da modalidade. Adoro escrever e estar por dentro de tudo que envolva o mundo da bola.
Botão Voltar ao topo