Últimas Notícias do FluminenseDestaquesFluminense na LibertadoresHistória do Fluminense

Fluminense se junta a Flamengo e River Plate em lista histórica

Tricolor fez história em sua primeira conquista da Libertadores

Prestes a disputar mais uma Conmebol Libertadores, o título histórico do elenco carioca permanece em evidência entre os torcedores. A campanha fora de curva do elenco comandado por Fernando Diniz, em 2023, colocou o Fluminense na mesma prateleira que Flamengo e River Plate. De modo geral, o plantel de Xerém se tornou um dos poucos clubes a erguer a taça enfrentando mais campeões na competição continental.

Depois de finalizar a fase de grupos ocupando a liderança do agrupamento D, o Fluminense despachou quatro times na fase do mata-mata. Contudo, por ter vencido o River Plate no chaveamento, o tricolor foi campeão ao triunfar diante de cinco vencedores da Conmebol Libertadores, assim como ocorreu com os argentinos e o Flamengo. Confira o detalhamento abaixo:

  • River Plate 2018 – Venceu cinco campeões
  • Flamengo (Fase de Grupos)
  • Racing (Oitavas de Finais)
  • Independiente (Quartas de Finais)
  • Grêmio (Semifinal)
  • Boca Juniors (Final)
  • Flamengo 2019 – Venceu cinco campeões
  • Peñarol (Fase de Grupos)
  • LDU (Fase de Grupos)
  • Internacional (Quartas de Finais)
  • Grêmio (Semifinal)
  • River Plate (Final)
  • Fluminense 2023 – Venceu cinco campeões
  • River Plate (Fase de Grupos)
  • Argentinos Juniors (Oitavas)
  • Olímpia (Quartas)
  • Internacional (Semifinal)
  • Boca Juniors (Final)

Relembre a campanha do Fluminense

Na fase de grupos, o Fluminense realizou seis partidas e teve um aproveitamento de 66,66%. De modo geral, o Tricolor das Laranjeiras despachou o Sporting Cristal, The Strongest e River Plate. Por outro lado, nos confrontos da volta, os cariocas foram derrotados pelo time boliviano e pelo rival do Boca Juniors. No mais, arrancou um empate com o elenco peruano.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

  • Sporting Cristal 1 x 3 Flu
  • Flu 1 x 0 The Strongest
  • Flu 5 x 1 River Plate
  • The Strongest 1 x 0 Flu
  • River Plate 2 x 0 Flu
  • Flu 1 x 1 Sporting Cristal

Em contrapartida, nas oitavas de final, o Flu enfrentou o Argentinos Juniors. No duelo da ida, no Estádio Diego Armando Maradona, as equipes empataram em 1 a 1. No entanto, no confronto da volta, o time comandado por Diniz aplicou 2 a 0, com gols de Samuel Xavier e John Kennedy.

Nas quartas de final o adversário da vez foi o Olímpia, responsável por eliminar o Flamengo. No Maracanã, os donos da casa venceram o confronto por 2 a 0, com Germán Cano e André. Em contrapartida, no embate da volta, o rival até que tentou, mas foi eliminado após ser derrotado por um placar de 3 a 1.

O confronto mais complicado do elenco de Xerém aconteceu na semifinal, quando encontrou o Internacional. Em casa, o Tricolor das Laranjeiras empatou em 2 a 2 e ditou tudo para ser resolvido no Beira-Rio. Com a casa cheia, o Colorado se esforçou, mas os cariocas venceram por 2 a 1, com mais uma vez Cano e John Kennedy fazendo o dever.

Por fim, na grande decisão da Conmebol Libertadores, Fluminense e Boca Juniors se esbarraram. Cotado a triunfar na final após deixar pelo caminho o Palmeiras, favorito da competição, o Xeneizer viu seu sexto título e por água abaixo. Germán Cano fez o primeiro para os cariocas, mas Advíncula deixou tudo igual. Todavia, John Kennedy saiu do banco de reservas e garantiu o título por 2 a 1.

Iara Alencar

Sou apaixonada por esportes, principalmente pelo futebol. Trabalho há cinco anos como redatora esportiva e publico matérias sobre as principais ligas da modalidade. Adoro escrever e estar por dentro de tudo que envolva o mundo da bola.
Botão Voltar ao topo