Últimas Notícias do Fluminense

Fluminense promove grande evento na praia de Copacabana

A Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL) anunciou nesta quinta-feira, 20, que terá uma Fan Zone gratuita na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. O evento faz parte da grande final da Copa CONMEBOL Libertadores da América deste ano, em que Fluminense e Boca Juniors disputarão o título rumo à glória eterna.

O evento será realizado entre os dias 30 de outubro e 3 de novembro, das 14h às 22h (horário de Brasília), em frente ao hotel Hilton. A Fan Zone terá entrada livre e gratuita e contará com diversas atrações para os torcedores, incluindo:

  • Exposição do troféu da Copa Libertadores;
  • Museu da Glória Eterna, com relíquias da competição;
  • Mini estádio;
  • Prêmios;
  • DJs;
  • Gastronomia;
  • Outras experiências para viver o clima da final.
fluminense libertadores fan zone

A Fan Zone é uma iniciativa da CONMEBOL para promover a final da Copa Libertadores e oferecer aos torcedores uma experiência única. A competição será disputada no dia 4 de novembro, no Maracanã, entre Fluminense e Boca Juniors.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Final entre Fluminense e Boca Juniors será no Maracanã

Após as notícias sobre a possibilidade do Maracanã não ser mais sede da grande final, o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, e o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, se reunirão nesta sexta-feira (20) para definir o que será feito. O Rubro-Negro, dias antes da decisão da Libertadores, queria jogar contra o Red Bull Bragantino, pelo Brasileirão, no estádio do Maracanã, iniciando assim toda a confusão.

A postura do Flamengo de, nos bastidores, insistir em mandar no estádio da decisão seu jogo, no dia 28 de outubro, foi o ponto central no incômodo que criou a possibilidade de o Maracanã deixar de sediar a final continental. Porém, na reunião, realizada na sede da Conmebol, ficou definido que isso não acontecerá.

A reunião, que é protocolar e já seria realizada, também serviu para solucionar o tema. No lado do Boca Juniors, o vice-presidente do clube, Riquelme, esteve presente, assim como Claudio Tapia, presidente da AFA. Ednaldo Rodrigues e dirigentes do Fluminense também se fizeram presentes.

Oficialmente, a CONMEBOL nunca falou em tirar a decisão do estádio, que já havia sido sede em 2020, quando o Palmeiras venceu o Santos. A entidade máxima do futebol sul-americano segue trabalhando na organização do jogo no dia 4, conforme confirmou Alejandro Domínguez, presidente da entidade.

“Neste dia 4 de novembro queremos dar a todos os torcedores uma verdadeira festa! Vamos mostrar em cada gol e em cada abraço que nossas diferenças nos tornam únicos. O futebol nos une, não nos divide. Vamos lutar contra o racismo e a violência. Vejo vocês no Rio de Janeiro! Juntos pela Glória Eterna”, escreveu o presidente da entidade.

Alvaro Cunha

Completamente apaixonado por esportes, videogames e cinema. Acompanha diversas competições de futebol, futebol americano, corridas, golfe e outros esportes.
Botão Voltar ao topo