Últimas Notícias do Fluminense

Fluminense não perde tempo e corta salários de zagueiro

Quando traçou seu planejamento para 2023, o Fluminense certamente não contava com um desfalque por envolvimento em esquema de apostas.

Vitor Mendes, que foi contratado pelo clube por empréstimo junto ao Atlético Mineiro no início do ano, está afastado preventivamente do Tricolor das Laranjeiras desde o dia 10 de Maio por ter sido citado na operação Penalidade Máxima.

O zagueiro teria participado do esquema de apostas quando ainda atuava pelo Juventude.

Defensor continua recebendo salário, mas contrato de imagem com Fluminense é suspenso

Mesmo afastado, o atleta ainda recebe o salário previsto na carteira de trabalho. Seu contrato de imagem, porém, foi suspenso, o que significa que, pelo menos por enquanto, ele receberá um valor menor.

Vitor Mendes havia feito um acordo com o Ministério Público para que não houvesse punição em âmbito criminal, mas recebeu uma suspensão de 430 dias.

Além disso, o atleta foi punido com uma multa de 40 mil reais, e recorreu da decisão do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva).

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Por seu vínculo com o Tricolor das Laranjeiras ser de empréstimo e durar apenas até o fim do ano, é pouco provável que Vitor Mendes volte a vestir a camisa do Fluminense.

O clube chegou a dar seu número de camisa, o 4, para o zagueiro Marlon, contratado na última janela de transferências.

Vitor Mendes se envolveu em escândalo de apostas ainda no Juventude

A acusação contra o zagueiro se deve a um cartão recebido quando o atleta defendia o Juventude. O atleta receberia 35 mil reais por levar um cartão amarelo em um confronto contra o Fortaleza, válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O foco do Fluminense agora é no América Mineiro, adversário do próximo sábado (19) pela 20ª rodada do Brasileirão. A bola rola às 18h30 no Maracanã para a primeira partida do Tricolor no segundo turno.

Pedro Sosa

Estudante de cinema que ama filmes e ainda não se encontrou na área, também apaixonado por futebol e pelo Fluminense. Grande admirador de cineastas disruptivos e que desaprovam o cinismo, e também obcecado pelas canhotas mágicas dos camisas 10 que desfilam nos gramados; ou seja: fã de Jean-Luc Godard e Lionel Messi.
Botão Voltar ao topo