Fluminense no Brasileirão

Fluminense inicia a venda de ingressos para a estreia do Brasileirão

Após uma importante vitória na segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América, o Fluminense vira a chave de competições e se prepara para voltar às atividades pelo Campeonato Brasileiro. No próximo sábado (13), às 21h, recebe o Red Bull Bragantino, no estádio Maracanã. A partida já tem o quadro de arbitragem definido pela CBF.

Maguielson Lima Barbosa (DF) será o responsável pelo apito no duelo, enquanto Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e Lehi Sousa Silva (DF) são os auxiliares de campo. Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE) comanda o VAR. A torcida será fundamental em busca da primeira vitória na competição, e todos os Tricolores já podem garantir seus ingressos para o confronto.

Na rede social X, antigo Twitter, o perfil oficial do Fluminense publicou: “Vem pro Maraca”, convocando os torcedores para o primeiro confronto da importante competição. Para garantir uma entrada tranquila no estádio, todos os torcedores que adquirirem ingressos pela internet, incluindo os visitantes, deverão utilizar o e-Ticket como forma de acesso. Não será necessário retirar ingressos físicos.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Torcedor do Fluminense recebe instruções sobre ingressos

Além disso, os sócios do Fluminense poderão acessar o estádio apresentando suas carteirinhas de sócio. É importante ressaltar que uma vez selecionada a forma de acesso ao estádio, não será possível alterá-la. Além disso, será obrigatório apresentar o CPF na compra do ingresso, independentemente do tipo (inteira, meia ou gratuidade). O documento deve ser oficial.

Nos pontos de venda físicos, o pagamento deverá ser feito apenas em dinheiro. Os valores dos ingressos variam de R$ 16 a R$ 550, dependendo do setor selecionado. Para o técnico Fernando Diniz, a responsabilidade será cada vez maior ao longo dos dias, considerando que passa a disputar a Libertadores, o Brasileiro e a Copa do Brasil.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo