Últimas Notícias do Fluminense

Fluminense ganha disputa importante na CBF

Na última quarta-feira (15), a CBF concretizou o pedido feito por 15 dos 20 clubes que atuam pela Série A, para interromper o Campeonato Brasileiro, por pelo duas rodadas. A tragédia que toma o Rio Grande do Sul tem comovido o cenário nacional, e equipes como Grêmio, Internacional e Juventude, que estão sem seus estádios, seriam prejudicadas com um possível adiamento individual.

A decisão da CBF é vista como uma vitória coletiva pela Liga Forte União (LFU), que conta com a presença do Fluminense. Mesmo não sendo uma ideia coletiva, o grupo pôde confirmar a força e focar nos próximos desafios do futebol brasileiro. Em um primeiro momento, o Tricolor era um dos times que se colocavam contra o adiamento do Campeonato Brasileiro, no entanto, se movimentou junto ao bloco.

Equipes como Athletico-PR e Atlético-GO também mudaram seus posicionamentos e acataram o movimento em grupo. Vale ressaltar que no que diz respeito à paralisação do Campeonato Brasileiro, a Libra decidiu não se posicionar coletivamente e cada clube agiu da maneira como desejava. O Atlético-MG, por exemplo, rapidamente se posicionou ao lado dos clubes gaúchos.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

CBF se comunica após decisão da paralisação

A LFU garantiu uma nota ainda no início da semana e enviou ofício à CBF, garantindo o apoio a interrupção do Campeonato Brasileiro. Além do Fluminense, outros clubes também se posicionaram no documento, como Athletico-PR, Atlético-GO, Botafogo, Criciúma, Cruzeiro, Cuiabá, Fortaleza, Internacional, Juventude e Vasco da Gama.

“Nos últimos dias, o Brasil se viu radicalmente afetado por uma tragédia ambiental sem precedentes na história, que impactou diretamente milhões de pessoas no Estado do Rio Grande do Sul e, por conseguinte, o futebol praticado no Brasil. Nesse sentido, não se pode olvidar que o esporte e a sociedade caminham concomitantemente, não podendo se separar ainda mais em um momento tão difícil para a população brasileira”, disse a CBF.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo