Últimas Notícias do FluminenseFluminense na Libertadores

Fluminense é surpreendido pela Conmebol com exame antidoping

O Fluminense está em fase final de preparação de olho no primeiro confronto da Semifinal da Copa Libertadores diante do Internacional. O clima do treinamento de sábado, aliás, era de muita empolgação no elenco por conta dos retornos de Jhon Arias e Paulo Henrique Ganso. Ambos preocupavam por lesões, mas tendem a ficar disponível para Fernando Diniz.

O que treinador não esperava era a visita indigesta da Conmebol. Profissionais da entidade apareceram nas Laranjeiras de supetão para aplicar exames antidoping nos jogadores. O Internacional também se submeteu ao processo no Rio Grande do Sul. Por enquanto, ainda não há informações de algum resultado positivo a ambos os clubes, só que a preocupação sempre existe.

Até porque o zagueiro Manoel, do Fluminense, recentemente foi punido pela Conmebol, em Junho. O defensor titular em muitas oportunidades com Fernando Diniz passou por uma avaliação da entidade depois de ficar no banco de reservas diante do River Plate, da Argentina, na Fase de Grupos. No resultado, encontraram a ostarina substância de ação anabolizante, que aumenta a massa muscular, a força e a performance.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fantasma fora de casa

Além da possibilidade de perder novos atletas, o Fluminense encara um problema no torneio continental a pensar na volta, dentro do Beira-Rio. O Tricolor, no Brasileirão, não vence como visitante desde o dia 10 de Maio ao superar o Cruzeiro por 2 a 0. Então, existe a necessidade real de conquistar um bom resultado no Maraca na quarta-feira (27), a partir das 21h30.

Na semana seguinte, com a tarefa na casa do Internacional, o Fluminense, pelo menos, tem um confronto recente para empolgar, aliás, viajou ao Paraguai e dominou o Olimpia, nas Quartas de Final. Com grande atuação, o Tricolor fez 3 a 1 no Defensores del Chaco.

Fábio

Apaixonado por futebol desde os primeiros passos, sou mais um dos que tiveram o sonho de se tornar jogador interrompido por lesões (é verdade, operei o LCA duas vezes), mas também, claro, por outros inúmeros motivos. Tento, no Jornalismo, manter o meu contato com o esporte que amo com uma escrita diferenciada e única.
Botão Voltar ao topo