Últimas Notícias do FluminenseDestaquesJogos e Partidas do Fluminense

Fluminense é obrigado a pagar R$ 20,6 milhões a empresário de John Kennedy

Dívida deve ser quitada nos próximos meses

O comportamento indisciplinar de John Kennedy tem deixado a diretoria do Fluminense e torcedores irritados, mas um novo capítulo dramático envolvendo o nome do jogador veio à tona. A Bertolucci Assessoria e Propaganda Esportiva LTDA, empresa que administra a carreira de diversos atletas, inclusive do camisa 9, solicita ao tricolor o pagamento de mais de R$ 20 milhões.

Segundo informações do “O Globo”, a empresa de agenciamento cobra do Fluminense cerca de R$ 20.645.588,95 e exige que o clube enquadre a dívida ao Regime Centralizado. No entanto, é válido destacar que o montante não diz respeito a apenas John Kennedy. A assessoria em questão também administra as carreiras do lateral-direito Guga, do técnico Fernando Diniz e do meia Lima.

Apesar dos imbróglios, o Fluminense pretende ajustar as questões financeiras e sanar as dívidas nos próximos anos sem muitas complicações. Por outro lado, enquanto o Tricolor das Laranjeiras tenta rotacionar os cofres das Laranjeiras, Diniz e companhia depositam seu foco nas disputas da Copa do Brasil, Série A e Libertadores da América.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fluminense e o possível retorno de John Kennedy

Enquanto os atletas estão centrados na busca incansável por títulos, John Kennedy recebe nova oportunidade de reconquistar a confiança dos demais companheiros de equipe e torcedores. Em um contexto geral, após ser afastado do elenco principal, o atacante cumpriu o cronograma de treinamentos isolados e voltou a exercer sua função ao lado de Germán Cano.

Contudo, apesar de seu retorno às atividades, ainda não é certa a presença do camisa 9 nos próximos jogos do Fluminense. Além de precisar do aval de Fernando Diniz, John tem que mostrar eficiência dentro e fora das quatro linhas.

Iara Alencar

Sou apaixonada por esportes, principalmente pelo futebol. Trabalho há cinco anos como redatora esportiva e publico matérias sobre as principais ligas da modalidade. Adoro escrever e estar por dentro de tudo que envolva o mundo da bola.
Botão Voltar ao topo