Últimas Notícias do Fluminense

Fluminense decreta venda estratosférica envolvendo John Kennedy

Camisa 9 foi o responsável pelo título da Liberta

A conquista da Libertadores da América ainda é assunto dentro e fora dos bastidores do Fluminense. No entanto, pensando em fazer com que o torcedor tenha uma parte da história em mãos, o clube carioca decidiu colocar em leilão a camisa que John Kennedy utilizou na final. O manto tricolor foi arrematado por mais de R$ 100 mil reais.

No dia 23 de novembro, o Fluminense participou do leilão online na plataforma “Play for a cause”. Com a camisa de John Kennedy em jogo, o Tricolor das Laranjeiras faturou o valor de R$ 101 mil apenas com a compra do uniforme utilizado pelo atacante. O valor foi atingido após duas horas de disputa acirrada, mas o ganhador não teve seu nome revelado.

Para se ter noção do valor estratosférico faturado usando apenas o nome de John Kennedy, a camisa de Germán Cano foi abatida por R$ 27 mil. Em contrapartida, Marcelo também doou o seu uniforme, que foi comprado por R$ 16,5 mil. Mesmo sem mais detalhes sobre os felizardos, é esperado que os felizardos sejam torcedores apaixonados pelo Fluminense.

Confiando no alto rendimento do atacante, o Fluminense oficializou a renovação do contrato com Kennedy até o final de 2016. A princípio, o jogador teria seu vínculo encerrado em 2025, mas o alto nível apresentado no clube de Xerém fez os dirigentes se anteciparem. Em contrapartida, o garoto de 21 anos possui, agora, multa rescisória no valor de R$ 316 milhões.

Apesar da pouca idade, o jogador conquistou títulos importantes para a sua prateleira de troféus. No mais, o camisa 9 tem: Libertadores da América (2023), Campeonato Carioca (2023), Campeonato Carioca Sub-20 (2021 e 2022) e Campeonato Carioca Sub-17 (2018 e 2019).

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

John Kennedy fazendo história

Mostrando destreza dentro das quatro linhas, John Kennedy saiu do banco de reservas para decidir o título da Conmebol Libertadores. Com o empate prevalecendo na prorrogação, o atacante do Fluminense marcou o gol da virada e sacramentou o primeiro troféu continental do Tricolor das Laranjeiras. No mais, o jogador deixou sua marca registrada nas oitavas, quartas, semi e final da principal competição continental. Confira:

  • Fluminense 2 x 0 Argentinos Juniors (Oitavas de Final)
  • Olimpia 1 x 3 Fluminense (Quartas de Final)
  • Internacional 1 x 2 Fluminense (Semifinal)
  • Boca Juniors 1 x 2 Fluminense (Semifinal)

O atacante do Fluminense foi apenas o terceiro jogador brasileiro a marcar em todos os jogos do mata-mata da Libertadores. O primeiro deles foi Jardel, pelo Grêmio, em 1995, enquanto Gabriel Barbosa repetiu o feito pelo Flamengo, em 2019.

Iara Alencar

Sou apaixonada por esportes, principalmente pelo futebol. Trabalho há cinco anos como redatora esportiva e publico matérias sobre as principais ligas da modalidade. Adoro escrever e estar por dentro de tudo que envolva o mundo da bola.
Botão Voltar ao topo