Últimas Notícias do Fluminense

Fluminense contratou o terceiro maior argentino da atualidade

Na próxima quarta-feira (29), o Fluminense retorna aos compromissos pela Copa Libertadores da América, e enfrentará o Alianza Lima às 21h30, pela 6ª rodada da fase de grupos da competição. Naturalmente, as atenções se voltam para nomes como Cano e Barcos. Os centroavantes são ídolos da Argentina, e contam com dados extremamente relevantes.

Ambos estão no Top-3 de goleadores que continuam em atividades de seu país. Os números foram apontados pelo ‘ge’, e demonstram que a diferença entre eles é de apenas 17 gols. Cano, de 36 anos, balançou as redes em 299 momentos em sua trajetória. Enquanto isso, seu adversário, Barcos, aos 39 anos, já garantiu 316, sendo um velho conhecido dos torcedores do futebol nacional.

A primeira posição da lista, sem maiores surpresas, fica na responsabilidade de Lionel Messi, e não deve ser superado tão cedo. No total, o grande ídolo da seleção argentina, balançou as redes em 833 oportunidades. O Fluminense entende e importância de Cano no elenco, peça essencial ao time que é comandado pelo técnico Fernando Diniz.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Cano conquista importante história pelo Fluminense

Ao final da temporada de 2023, o ‘ge’ realizou uma pesquisa e apontou Germán Cano na lista de maiores ídolos. Mesmo com uma história recente ao lado dos torcedores cariocas, o jogador tem conquistado trajetória inesquecível ao lado do Fluminense. No total, são quatro títulos conquistados: dois Campeonato Cariocas, uma Conmebol Libertadores e uma Recopa Sul-Americana.

A temporada passada pode ter sido a mais especial ao lado do Fluminense, especialmente por ter conquistado a primeira taça da Copa Libertadores da América, de toda a história do time. Até por isso, carrega grande responsabilidade sobre o novo ano, com a oportunidade de buscar uma nova conquista ao comando de Fernando Diniz.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo