Últimas Notícias do Fluminense

Fluminense cometeu erro grave e título da Libertadores no Maracanã foi perdido

Em 2 de julho de 2008, o Fluminense teve um dos seus dias mais tristes. Na ocasião, a equipe das Laranjeiras perdeu a final da Copa CONMEBOL Libertadores para a LDU, do Equador. Apesar de uma luta valente e uma vitória por 3 a 1 no tempo normal, com três gols de Thiago Neves, o Flu falhou nas penalidades, perdendo por 3 a 1. O goleiro Cevallos, guardião da equipe adversária, defendeu os pênaltis de Conca, Thiago Neves e Washington, consolidando-se como herói da partida.

A derrota marcou um dos dias mais tristes dos 106 anos de história do Fluminense. A torcida, que antes estava esperançosa com a virada no tempo normal, deixou o Maracanã em silêncio, contrastando com a comemoração da pequena torcida da LDU, que celebrava o primeiro título da Libertadores para um clube equatoriano.

Fluminense perdeu, mas teve campanha gloriosa

Apesar da noite iluminada de Thiago Neves, que marcou três gols no tempo normal, a equipe não conseguiu superar nas penalidades, dando à LDU o título da Libertadores. Foi a segunda vez consecutiva que um clube brasileiro perdeu a decisão do torneio sul-americano, com o Grêmio sendo derrotado pelo Boca Juniors em 2007.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O Fluzão, que tinha feito uma campanha destacada na competição, eliminando três campeões anteriores, perdeu a chance de faturar cerca de R$ 9 milhões em cotas. Além disso, enfrentou a saída de dois de seus principais jogadores, Thiago Silva e Thiago Neves, para o futebol europeu.

Agora, anos após o ocorrido, Fluminense e LDU se reencontrarão novamente em mais uma final, agora pela Recopa Sul-Americana, jogando nos dias 21 e 28 de fevereiro.

Alvaro Cunha

Completamente apaixonado por esportes, videogames e cinema. Acompanha diversas competições de futebol, futebol americano, corridas, golfe e outros esportes.
Botão Voltar ao topo