Últimas Notícias do Fluminense

Fluminense assina com craque da Libertadores até 2026

Três gols e duas assistências em mata-mata de Copa Libertadores. Dois dos três tentos, aliás, marcados fora de casa em jogos que poderiam decretar a eliminação. Esses são os números de quem acaba de assinar um contrato junto ao Fluminense até a temporada de 2026… John Kennedy, o jovem de 21 anos, renovou o vínculo nas Laranjeiras durante a última semana.

“Fico muito feliz pelo trabalho sendo reconhecido. Juntos por mais um bom tempo com o Fluzão. Estou muito feliz e gostaria de agradecer ao Paulo Angioni, ao presidente, ao staff tricolor e à torcida pela confiança e pelo carinho de sempre”, comentou o atacante e dono da camisa 9 do Fluminense.

Cria das categorias de base do Tricolor, Kennedy só foi despertar mesmo para a torcida após uma passagem, por empréstimo, na Ferroviária, de São Paulo. O jovem se destacou no Campeonato Paulista e, prontamente, retornou ao Fluminense para brilhar. Em 2023, o atacante balançou as redes em oito oportunidades e contribuiu com mais quatro assistências em 31 partidas.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Titular?

John Kennedy, ao que tudo indica, será uma peça fundamental para Fernando Diniz no dia 04 de Novembro, dentro do Maracanã. O atacante titular em alguns jogos, como na volta diante do Olimpia, no Paraguai, e reserva em outros, a exemplo do duelo no Beira-Rio, tem potencial para fazer a diferença desde o início ou na reta final da decisão.

O Fluminense, que ainda tem cinco confrontos em disputa pelo Brasileirão antes de enfrentar o Boca Juniors, da Argentina, precisa trabalhar com cautela a utilização dos atletas. Não há brecha para desfalques e perdas em cima da hora, principalmente por se tratar de uma possível conquista inédita na história do Tricolor. O desfecho de 2008 ficaria para trás de uma vez por todas…

Fábio

Apaixonado por futebol desde os primeiros passos, sou mais um dos que tiveram o sonho de se tornar jogador interrompido por lesões (é verdade, operei o LCA duas vezes), mas também, claro, por outros inúmeros motivos. Tento, no Jornalismo, manter o meu contato com o esporte que amo com uma escrita diferenciada e única.
Botão Voltar ao topo