Últimas Notícias do Fluminense

Fluminense alcança marca irretocável na Libertadores

Após um confronto sem grandes oportunidades, uma atuação inferior ao esperado, o Fluminense deixou o Paraguai com um empate em 0 a 0 junto ao Cerro Porteño (PAR), na última quinta-feira (25). O confronto foi válido pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América, e mesmo sem gols, o clube carioca segue com uma marca importante na competição.

O Tricolor segue na primeira posição do Grupo A, com cinco pontos, e deu sequência na fase de invencibilidade no torneio. No total, são 11 jogos seguidos, contando desde o último ano sem ser derrotado na Copa Libertadores, onde a equipe carioca conquistou seis vitórias e empatou cinco jogos. No total, foram 18 gols marcados e nove sofridos nesse período.

O portal ‘Net Flu’ compartilhou a lista dos jogos: Cerro Porteño (PAR) 0 x 0 Fluminense | 25/04/2024 – La Nueva Olla, Fluminense 2 x 1 Colo-Colo (CHI) | 09/04/2024- Maracanã, Alianza Lima (PER) 1 x 1 Fluminense | 3/4/2024 – Alejandro Villanueva, Boca Juniors (ARG) 1 x 2 Fluminense | 4/11/2023 – Maracanã e Internacional 1 x 2 Fluminense | 4/10/2023 – Beira Rio.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fluminense pode ter enfrentado problemas com o gramado

Na sequência, estão: Fluminense 2 x 2 Internacional | 27/9/2023 – Maracanã, Olimpia (PAR) 1 x 3 Fluminense | 31/8/2023 – Defensores del Chaco, Fluminense 2 x 0 Olimpia (PAR) | 24/8/2023 – Maracanã, Fluminense 2 x 0 Argentinos Juniors (ARG) | 8/8/2023 – Maracanã, Argentinos Juniors (ARG) 1 x 1 Flu | 1/8/2023 – Diego Armando Maradona e Flu 1 x 1 Sporting Cristal (PER) | 27/6/2023 – Maracanã.

Com o resultado negativo, alguns jogadores do Fluminense se posicionaram sobre a situação do gramado, no estádio Nueva Olla. Cano, peça importante no elenco, não escondeu a insatisfação. Além disso, o técnico Fernando Diniz disse que o gramado parece o da Ilha do Retiro, da época que jogava. Agora, vai em busca de uma nova vitória na competição.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo