Últimas Notícias do FluminenseDestaquesEx-Jogadores e Ídolos do FluminenseHistória do FluminenseMercado da Bola do Fluminense

Fluminense acertou por R$ 112 milhões e confirmou venda mais cara da história

Jogador atualmente defende o rival

Ao longo dos anos o Fluminense tem se firmado como uma das principais academias de jovens talentos. Além de investir nas categorias de base, o Tricolor das Laranjeiras desempenha o papel de valorizar o futebol de seus jogadores no elenco profissional. Como resultado de seus investimentos, o clube carioca conseguiu fazer de Gerson, a venda mais cara da história de Xerém.

Atualmente defendendo a camisa do Flamengo, Gerson chegou a trazer muitos frutos ao Fluminense dentro e fora das quatro linhas. Revelado com a camisa do Fluminense, não demorou para que o volante despertasse o interesse do futebol europeu. Em julho de 2016, o tricolor sacramentou a maior venda de sua história junto ao Roma, por um valor de 18,6 milhões de euros (cerca de R$ 112,7 milhões na cotação atual).

Com a finalidade de rotacionar o elenco, bem como melhoras as finanças do clube, o Fluminense acabou revelando ao mundo diversos craques e abriu mão de todos eles muito cedo. Além de Gerson, Xerém conta com as vendas de Richarlison, Pedro, Thiago Silva e Darío Conca.

Maiores vendas do Fluminense:

Confira o ranking de maiores transações do Tricolor das Laranjeiras:

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

  • 1º Lugar: Gerson – Roma (ITA) pagou 18,6 milhões de euros (hoje R$ 112,7 milhões)
  • 2º Lugar: Richarlison – Watford (ING) pagou 12,4 milhões de euros (hoje R$ 75,1 milhões)
  • 3º Lugar: Pedro – Fiorentina (ITA) pagou 11 milhões de euros (hoje R$ 66,6 milhões)
  • 4º Lugar: Thiago Silva – Milan (ITA) pagou 10 milhões de euros (hoje R$ 60,6 milhões)
  • 5º Lugar: Thiago Neves – Hamburgo (ALE) pagou 9 milhões de euros (hoje R$ 54,5 milhões)
  • 6º Lugar: Wellington Nem – Shakhtar (UCR) pagou 9 milhões de euros (hoje R$ 54,5 milhões)
  • 7º Lugar: Conca – Evergrande (CHI) pagou 8,20 milhões de euros (hoje R$ 49,6 milhões)
  • 8º Lugar: Kenedy – Chelsea (ING) pagou 8 milhões de euros (hoje R$ 48,4 milhões atuais)
  • 9º Lugar: Carlos Alberto – Werder Bremen (ALE) pagou 7,80 milhões (hoje R$ 47,2 milhões atuais)
  • 10º Lugar: Wendel – Sporting (POR) pagou 7,50 milhões de euros (hoje R$ 45,4 milhões atuais)

Iara Alencar

Sou apaixonada por esportes, principalmente pelo futebol. Trabalho há cinco anos como redatora esportiva e publico matérias sobre as principais ligas da modalidade. Adoro escrever e estar por dentro de tudo que envolva o mundo da bola.
Botão Voltar ao topo