Últimas Notícias do FluminenseMercado da Bola do Fluminense

Fluminense abre a carteira e alcança um feito que não acontecia desde 2016

A temporada de 2023 do Fluminense tende a ser histórica e já começou alcançando feitos antigos. O Tricolor já investiu nesta janela de transferências R$ 18 milhões e atingiu o maior investimento em compra de jogadores desde 2016. Com a possível chegada do meia Vina, do Ceará, as cifras podem aumentar.

No primeiro semestre de 2016 o Fluminense estava com os cofres cheios depois de vender o volante Gerson para a Roma por R$ 65 milhões e investiu R$ 23,6 milhões em reforços. Entre os investimentos estava o do atacante Richalison, que custou R$ 9 milhões ao Flu.

Até o momento, antes de começarem os jogos, o Fluminense já contratou o atacante Keno, o lateral Guga e o zagueiro Victor Mendes, do Atlético-MG, além do meia Lima, que estava no Ceará, o lateral-esquerdo Jorge, Vitor Eudes, do Marítimo, e o meia Giovanni Manson, do Ajax.

Vitor Eudes, Jorge e Giovanni chegaram ao clube sem custos. Já Guga custou R$ 8,3 milhões, Keno, R$ 5,6 milhões; Lima, R$ 3 milhões; e o empréstimo de Vitor Mendes, cerca de R$ 1 milhão. Os R$ 18 milhões ainda podem aumentar com a chegada de Vina, que está em conversas com os dirigentes do Fluminense.

2023 (1º semestre): R$ 18 milhões
R$ 8,4 milhões – Guga
R$ 5,6 milhões – Keno
R$ 3 milhões – Lima
R$ 1 milhão – Vitor Mendes

2022 (2º semestre): R$ 2,2 milhões
R$ 2,2 milhões – Marrony
2022 (1º semestre): R$ 10 milhões
R$ 9 milhões – Cristiano
R$ 1 milhão – Nathan

2021 (2º semestre): R$ 12,8 milhões
R$ 9,2 milhões – Caio Paulista
R$ 3,1 milhões – Arias
R$ 500 mil – Nonato

2021 (1º semestre): R$ 0
Não houve nenhuma contratação onerosa

2020 (2º semestre): R$ 0
Não houve nenhuma contratação onerosa

2020 (1º semestre): R$ 7,3 milhões
R$ 3,6 milhões – Fernando Pacheco
R$ 3,5 milhões – Michel Araújo
R$ 200 mil – Yago Felipe

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

2019 (2º semestre): R$ 5,3 milhões
R$ 5 milhões – Nino
R$ 360 mil – Gilberto

2019 (1º semestre): R$ 2,5 milhões
R$ 2 milhões – Marlon
R$ 500 mil – Rodolfo

2018 (2º semestre): R$ 0
Não houve nenhuma contratação onerosa

2018 (1º semestre): R$ 2,1 milhões
R$ 800 mil – De Amores
R$ 750 mil – Richard
R$ 600 mil – Ibañez

2017 (2º semestre): R$ 7,4 milhões
R$ 7,4 milhões – Robinho

2017 (1º semestre) R$ 150 mil
R$ 150 mil – Mateus Norton

2016 (2º semestre): R$ 9,2 milhões
R$ 6,6 milhões – Henrique Dourado
R$ 1,8 milhão – Maranhão
R$ 650 mil – Cláudio Aquino
R$ 200 mil – Dudu

2016 (1º semestre): R$ 23,6 milhões
R$ 9 milhões – Richarlison
R$ 8,6 milhões – Henrique
R$ 3,5 milhões – Renato Chaves
R$ 2,5 milhões – Diego Souza

Mais um canal vai transmitir os jogos do Fluminense no Campeonato Carioca; VEJA

A torcida do Fluminense vai ter mais uma opção de canal para assistir os jogos do Tricolor no Campeonato Carioca de 2023. A Band, detentora dos direitos da competição, fechou acordo com a BandSports para transmitir as partidas da dupla Fla-Flu no campeonato.

O BandSports é o canal fechado em TV paga da Band e vai transmitir cerca de 50 partidas na competição, dividindo igualmente entre os jogos de Flamengo e Fluminense, além dos times menores. Vasco e Botafogo não fecharam com a emissora e não terão as partidas transmitidas pela emissora paulista.

Pedro Rocha

Pedro Rocha, natural de Fortaleza, Ceará. 24 anos. Formado em jornalismo pela Universidade de Fortaleza. Amante de futebol, apaixonado por notícias e curiosidades.
Botão Voltar ao topo