Últimas Notícias do Fluminense

“Filho do Flamengo”: Torcida do Boca Juniors humilha o Fluminense

O Fluminense garantiu sua vaga na grande final da Copa CONMEBOL Libertadores após vencer o Internacional por 2 a 1, em pleno Beira-Rio, calando a torcida Colorada. Do outro lado da chave, Palmeiras e Boca Juniors se enfrentaram, com os argentinos garantindo a segunda vaga na finalíssima na disputa de pênaltis.

Desta forma, os torcedores xeneizes aproveitaram a ocasião para provocar o clube das Laranjeiras. Após vencerem o confronto, eles entoaram o seguinte cântico: “Dale, dale, dale… Dos filhos do Flamengo nos vamos ganhar… Eles não vão aguentar”. Confira no vídeo:

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fluminense e Boca Juniors vão em busca da glória eterna

Fluminense e Boca Juniors jogarão no dia 4 de novembro, no estádio do Maracanã. A partida será a 12ª final de Libertadores dos xeneizes, que já venceram seis vezes o torneio. Este é o sétimo encontro com os Tricolores na competição. Já o Flu vai para a sua segunda final, mirando o primeiro título em toda a sua história.

Os clubes já se cruzaram nas edições em que foram finalistas. No ano de 2008, o Fluminense eliminou a equipe argentina na semifinal, antes de perder para a LDU na final. Já em 2012, as equipes se encontraram na fase de grupos e nas quartas de final. No entanto, quem levou a melhor desta vez foram os argentinos, que perderam para o Corinthians na grande final.

Confira o histórico abaixo:

  • Fluminense 1 x 1 Boca Juniors – Libertadores 2012
  • Boca Juniors 1 x 0 Fluminense – Libertadores 2012
  • Fluminense 0 x 2 Boca Juniors – Libertadores 2012
  • Boca Juniors 1 x 2 Fluminense – Libertadores 2012
  • Fluminense 3 x 1 Boca Juniors – Libertadores 2008
  • Boca Juniors 2 x 2 Fluminense – Libertadores 2008

Alvaro Cunha

Completamente apaixonado por esportes, videogames e cinema. Acompanha diversas competições de futebol, futebol americano, corridas, golfe e outros esportes.
Botão Voltar ao topo