Últimas Notícias do Fluminense

FIFA obriga Fluminense a mandar embora jogador campeão da Libertadores

O Fluminense terá um problema para resolver no Mundial de Clubes da FIFA, que acontecerá entre os dias 18 e 22 de dezembro deste ano, em Jidá, na Arábia Saudita. Apenas 23 jogadores do elenco campeão da Copa CONMEBOL Libertadores poderão ser inscritos no torneio. O Flu, iniciando na fase de semifinal, enfrentará Al Ittihad, Al Ahly ou Auckland City.

Para fazer as escolhas, o treinador Fernando Diniz terá que retirar um jogador que esteve no banco de reservas na final da competição sulamericana contra o Boca Juniors. Isso ocorreu porque, na decisão, ele deixou o goleiro Vitor Eudes de fora, mas a FIFA exige a inscrição de três arqueiros.

Fluminense terá de tirar um jogador do elenco para o Mundial

Daniel, o meia, ou até mesmo o atacante Yony González são considerados favoritos a ficarem fora do torneio na Arábia Saudita. Yony sofreu uma lesão no clássico contra o Flamengo, mas espera-se que esteja recuperado até lá, sendo que ele passou à frente do meia após marcar um gol no Fla-Flu.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Na decisão da Libertadores, Diniz relacionou 29 atletas, mas teve que cortar cinco nomes. Gustavo Ramalho, Vitor Eudes, Felipe Andrade, Giovanni, Isaac e Lelê ficaram de fora. Lelê, em particular, provavelmente não viajará para o Mundial e deixará o Fluminense em dezembro. O atleta está sendo sondado por outras equipes do Brasil.

Um jogador da lista final só pode ser substituído por um da relação provisória em caso de lesão grave ou doença até 24 horas antes da primeira partida. Além disso, o presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, já negou a possibilidade de reforços para o torneio no final do ano.

Alvaro Cunha

Completamente apaixonado por esportes, videogames e cinema. Acompanha diversas competições de futebol, futebol americano, corridas, golfe e outros esportes.
Botão Voltar ao topo