Últimas Notícias do Fluminense

Fernando Diniz perde a paciência e se irrita com jornalistas

No último sábado (16), o Fluminense completou um empate em 0 a 0 com o Flamengo, pelo confronto de volta da semifinal do Campeonato Carioca. O resultado marcou a eliminação do Tricolor, algo completamente inesperado pensando no trabalho feito pelo técnico Fernando Diniz. Mesmo com a conquista recente da Recopa Sul-Americana, o revés no clássico chega a pesar.

No duelo de ida, o clube rubro-negro levou a melhor, vencendo por 2 a 0, aumentando sua vantagem ao comando de Tite. No jogo de volta, o Fluminense teria que buscar ao menos três gols para ficar com a vaga para a final, já que uma vitória por 2 a 0 ainda classificava o rubro-negro. Após a eliminação, Diniz se mostrou insatisfeito com os questionamentos sobre o tabu contra os rivais do Rio de Janeiro.

“Primeira coisa para contextualizar, Fluminense voltou mais de um mês depois. Fluminense disputou Mundial quase até o Natal. Ganhou mais um título internacional que não tinha. Muitos alimentam que não ganha há 13 clássicos. Muitos com reservas, com expulsos. Mas em vez de focar que tem 1/3 de orçamento pro Fla, joga de igual para igual, ganhou Carioca ano passado…Vocês acham que é fácil jogar na altitude”, iniciou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fernando Diniz critica posicionamento da imprensa

O trinador relembrou a derrota para o Botafogo, antes de encarar o Flamengo, quando se desdobrava com um a menos. No jogo de ida contra o rubro-negro, Thiago Santos também foi expulso, algo que foi visto como um dos fatores para que o clube tenha diminuído o ritmo, distante do empate. Assim, criticou os profissionais da imprensa: “Querem ganhar like, não querem bem do Fluminense”, revelou.

“Ai mandam treinador e jogador embora. Primeiro sinal de o time não corresponder começar tipo de comentário. Criam um inferno, como se fosse ajudar alguma coisa. Ano passado tentaram, vamos esperar a próxima, é tudo facinho de vocês. Hoje se toma gol do lado é porque colocou Marquinhos de lateral, porque é louco, mas é esse jeito que levou a ser campeão da libertadores, ganhar de 4 na final do Flamengo”, disse Fernando Diniz.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo