Últimas Notícias do Fluminense

Fernando Diniz é notificado e não vai comandar o Fluminense no Brasileirão

Após ser expulso nos minutos finais do empate por 1 a 1 entre Fluminense e Atlético-MG, no Raulino de Oliveira, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, Fernando Diniz não estará disponível apenas para o próximo jogo do Tricolor na competição. Ele também será ausência nos dois compromissos subsequentes contra Bahia e São Paulo.

Essa situação ocorreu porque Fernando Diniz entrou em campo no confronto contra o Galo com um cartão amarelo, e durante a partida recebeu o terceiro cartão, resultando na suspensão para o jogo seguinte.

No confronto contra o Atlético-MG, realizado na última quarta-feira em Volta Redonda, o Fluminense empatou em 1 a 1, mesmo jogando em casa. Esse resultado reflete um desempenho recente aquém do esperado nos últimos nove jogos. Durante esse período, a equipe conquistou apenas uma vitória, que foi contra o Bragantino.

Nos últimos oito jogos, além da mencionada vitória sobre o Bragantino, o Fluminense sofreu cinco derrotas e teve dois empates. Apesar desses resultados, o Tricolor ainda se mantém na liderança do Grupo D da Libertadores. No entanto, foi eliminado nas oitavas de final da Copa do Brasil. No Campeonato Brasileiro, a equipe ocupa a quinta posição na tabela.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Diniz e mais vários estão fora

Apesar dos esforços em colocar André em campo, devido à sua importância no elenco do Fluminense, o volante não estará disponível para o próximo confronto contra o Bahia no Maracanã. Além disso, o técnico Fernando Diniz foi expulso nos minutos finais e também ficará ausente, desfalcando a equipe Tricolor.

André recebeu o terceiro cartão amarelo aos 50 minutos do segundo tempo do jogo contra o Atlético-MG, durante uma confusão com Arana. Com dois cartões amarelos anteriores, ele será suspenso automaticamente.

Para substituí-lo, o Fluminense terá as opções de Thiago Santos ou Martinelli na posição. Sem a presença de Diniz, Eduardo Barros assumirá o comando da equipe de guerreiros.

Rodrigo Simões

Apaixonado por futebol internacional e alternativo, assim como por lutas (MMA, sobretudo). A melhor coisa do mundo é desfrutar de um estádio em dia de jogo e de um bom show de rock n' roll.
Botão Voltar ao topo