Últimas Notícias do Fluminense

Felipe Melo se cansa e diz tudo o que pensa sobre John Kennedy

Na última quarta-feira (23), o Fluminense recebeu o Sampaio Corrêa no Maracanã, e conquistou uma importante vitória em 2 a 0. Além do resultado, o Tricolor garantiu uma classificação para a próxima etapa, repetindo o mesmo placar do duelo de ida. No entanto, após o confronto, um questionamento foi levantado pelos torcedores nas redes sociais, sobre a comemoração do gol de John Kennedy.

Recentemente, o atleta foi afastado por indisciplina, após ter participado de uma festa envolvendo mulheres, na concentração do time para o confronto contra o Vasco da Gama. Em seguida, chegou atrasado em um treino e foi ausência em outro, algo que gerou incômodo nos bastidores. Em entrevista,  Felipe Melo foi questionado por um jornalista, de que o garoto teria comemorado o gol sozinho.

“Na verdade, eu agradeci a Deus e nem vi o que aconteceu. Mas está todo mundo muito contente, acho que não cabe nem essa pergunta, para ser bem sincero, respeito, mas acho que não cabe essa pergunta no momento como esse, né? Aqui dentro, aqui como eu acabei de falar, né? Se nós nos importarmos com pessoas, se o John Kennedy está tendo mais uma oportunidade, muito passa por nós, atletas, né? De entendermos que ele merecia mais uma oportunidade. Então, se ele teve mais uma oportunidade, não cabe essa pergunta”, disse Felipe Melo.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Felipe Melo comenta sobre trajetória de John Kennedy

Felipe Melo descartou qualquer polêmica nos bastidores, afirmando o clima positivo da temporada. Agora, além da classificação pela Copa do Brasil, o Fluminense já está classificado para as oitavas de final da Copa Libertadores da América. O clube carioca venceu o Cerro Porteño na semana passada, e segue na liderança do Grupo A. O zagueiro ainda concretizou sobre John Kennedy:

“Está todo mundo muito contente, porque nós vencemos o jogo, porque o John fez um gol. E mais do que isso, é porque nós passamos de fase. Feliz porque o John voltou a fazer gol, eu espero que ele agarre essa oportunidade porque o Fluminense precisa dele, mas mais do que isso, para a vida dele pessoal. Ele é pai, e eu espero que ele realmente seja um exemplo para os filhos, e que ele possa deixar um legado, que o John foi um cara que a gente jamais deixou de ajudar, a gente não deixou de ajudar”, completou.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo