Últimas Notícias do FluminenseFluminense na Libertadores

Fábio não quer nem saber e detona goleiro do Boca Juniors

Aos 43 anos o goleiro foi eleito o melhor da Libertadores

A Conmebol Libertadores acabou, mas continua rendendo comparações entre os times que disputaram a edição atual. Sobretudo, o título conquistado pelo Fluminense em cima do Boca Juniors mostrou que o plantel carioca estava mais alinhados entre os sistemas ofensivos e defensivos. No entanto, um dos destaques estava abaixo do gol. Com 43 anos, Fábio conseguiu colocar Sérgio Romero no bolso e se tornou o melhor goleiro da competição.

De acordo com um levantamento feito pela Conmebol, Fábio foi o arqueiro com mais defesas difíceis na Libertadores, igualado com o Weverton, do Palmeiras. A título de comparação, Romero, do Boca Júniors, somente aparece na 3ª colocação. Confira abaixo o ranking completo:

  • 1º Lugar: Fábio (Fluminense) – 40 defesas
  • 2º Lugar: Weverton (Palmeiras) – 40 defesas
  • 3º Lugar: Sérgio Romero (Boca Juniors) – 38 defesas
  • 4º Lugar: Aldair Quintana (Deportivo Pereira – 37 defesas
  • 5º Lugar: Bento (Athletico-PR) – 35 defesas

Anunciado como reforço do Fluminense no dia 19 de janeiro de 2022, Fábio chegou ao Rio de Janeiro após ser descartado pelo Cruzeiro. Em sua primeira temporada com a camisa do tricolor, o arqueiro disputou 61 partidas e sofreu 61 gols. No entanto, faturou o Campeonato Carioca daquele ano.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Já nesta temporada, o guarda redes possui 63 jogos realizados com as vestes do Fluminense e 59 gols sofridos. Além de também ter conquistado o estadual de 2023, Fábio erguer o troféu da Conmebol Libertadores.

Fábia e sua carreira triunfal

Revelado com a camisa do Bandeirante FC, de São Paulo, não demorou muito para que Fábio chamasse a atenção de grandes clubes brasileiros. Sobretudo, Fábio passou por Athletico-PR, Vasco e Cruzeiro, até chegar ao Fluminense em janeiro de 2022. Como consequência de seu desempenho dentro de campo, o jogador faturou 22 títulos em sua trajetória, além de ser considerado ídolo na Raposa. Confira abaixo:

  • Libertadores da América (2023)
  • Copa América (2004)
  • Copa Mercosul (200)
  • Campeonato Brasileiro (200, 2013 e 2014)
  • Copa do Brasil (2003, 2017 e 2018)
  • Campeonato Mineiro (2006, 2008, 2009, 2011, 2014, 2018 e 2019)
  • Campeonato Paranaense (1998)
  • Campeonato Carioca (2003, 2022 e 2023)
  • Mundial Sub-17 (1997)
  • Sul-Americano Sub-17 (1997)

Iara Alencar

Sou apaixonada por esportes, principalmente pelo futebol. Trabalho há cinco anos como redatora esportiva e publico matérias sobre as principais ligas da modalidade. Adoro escrever e estar por dentro de tudo que envolva o mundo da bola.
Botão Voltar ao topo