Últimas Notícias do FluminenseEx-Jogadores e Ídolos do Fluminense

Ex-lateral do Fluminense entra na justiça cobrando uma BMW do clube

O Fluminense foi surpreendido com uma nova ação movida na Justiça do Trabalho por um ex-jogador do clube. Na ocasião o lateral-esquerdo Egídio entrou com um processo cobrando valores devidos do seu FGTS, na casa dos R$ 358 mil. O atleta alega que o Tricolor nunca pagou um centavo desse montante.

A quantia cobrada por Egídio é equivalente ao preço, por exemplo, de uma BMW 320i M Sport nova. O carro luxoso de motor 2.0 turbo flex conta com 184 cavalos de potência e várias funcionalidades.

No entanto essa não é a primeira ação movida por Egídio contra o Fluminense. Corre na justiça um processo do lateral cobrando mais R$ 500 mil referentes a salários não pagos pelo Tricolor, quando atuou no clube, entre os anos de 2020 e 2021.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Com a camisa do Fluminense, Egídio disputou 77 partidas e registrou um gol, além de 13 assistências.

Egídio foi rebaixado para a Série C

Atualmente com 36 anos de idade e defendendo a equipe da Tombense, Egídio acabou de ser rebaixado para a Série C do Campeonato Brasileiro. O time mineiro foi derrotado por 1 a 0 para o Mirassol, dentro de casa, na última rodada da competição, e terminou a temporada em 18º lugar, com 37 pontos conquistados. 

O vexame foi tão grande que restando três jogos para acabar a Série B a Tombense precisava de apenas três pontos. Entretanto a equipe acabou sendo derrotada em todas as partidas.

Botão Voltar ao topo