Últimas Notícias do Fluminense

Ex-jogador do Fluminense relata momentos de terror contra a LDU

Na véspera de um confronto decisivo pela Recopa Sul-Americana, o Fluminense prepara-se para revisitar o desafio da altitude contra a LDU (EQU), em Quito. Maurício, ex-meio-campista do Tricolor durante as emblemáticas finais contra a mesma equipe em 2008 e 2009, pela Libertadores e Sul-Americana, respectivamente, compartilhou suas vivências desses embates.

Segundo Maurício, a altitude altera significativamente a dinâmica do jogo, com a bola se movendo mais rapidamente e o ritmo sendo extremamente exigente. Ele recorda a estratégia de aclimatação adotada pelo time, chegando com antecedência de dois ou três dias ao local da partida para treinos de adaptação.

Ex-jogador do Fluminense relembra dificuldades da altitude

Maurício relembrou o impacto físico sentido pelos jogadores, evidenciado pelo uso de oxigênio no intervalo como medida para aliviar os efeitos da altitude. Inicialmente cético quanto às dificuldades impostas pela altitude, o ex-jogador reconheceu a dureza do desafio ao entrar em campo no segundo tempo, mesmo na flor da idade.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Agora, falando do jogo, realmente é muito difícil. No intervalo, quando os jogadores entraram no vestiário eu vi o pessoal com aquele oxigênio para dar um alívio. E eu falava: ‘não é possível’. Porque como eu não estava jogando ainda estava tudo bem. Isso aí deve ser graça, pensei. Realmente é difícil, entrando no segundo tempo é um pouco mais difícil, porque a galera já tá ali aquecida, na adrenalina e tudo mais”, disse o jogador.

A experiência do ex-atleta sublinha a complexidade de competir sob tais condições, não apenas pela exigência física, mas também pela necessidade de adaptação rápida à velocidade e intensidade alteradas do jogo.

Com a partida iminente, o Fluzão e sua equipe atual buscam superar novamente os obstáculos que a altitude de Quito impõe, lembrando as palavras de Maurício sobre a realidade desafiadora desses confrontos.

Alvaro Cunha

Completamente apaixonado por esportes, videogames e cinema. Acompanha diversas competições de futebol, futebol americano, corridas, golfe e outros esportes.
Botão Voltar ao topo