Últimas Notícias do FluminenseDestaquesFluminense na LibertadoresJogos e Partidas do Fluminense

Está confirmado! Fluminense será desclassificado da Libertadores por utilização de sinalizadores?

Na última quinta-feira (16), o Fluminense derrotou o Cerro Porteño por 2 a 1, em jogo válido pela quinta rodada da fase de grupos da Libertadores. Apesar de ter carimbado passagem para as oitavas de final de forma antecipada, os dirigentes tricolores foram pegos de surpresa com uma possível punição. A Conmebol denunciou o clube carioca por uso de sinalizadores e bombas durante o confronto com os paraguaios.

Por serem bem rígidas, as regras da Conmebol geralmente custam caro aos cofres dos clubes quando são ignoradas. Nesse caso, o plantel do Rio de Janeiro não corre o risco de ser eliminado da competição, mas questões financeiras serão envolvidas. A princípio, para esse tipo de infração, a entidade cobra o valor entre 5 mil dólares (R$ 25 mil na cotação atual) e 8 mil dólares (R$ 40 mil) em casos de reincidência.

Segundo o processo movido, o Time de Guerreiros foi enquadrado por quebrar os artigos Artículos 12.2 literal c) e 27 do Código Disciplinário da Conmebol. Em resumo, o regulamento disciplinar afirma que as multas sofrem aumento exponencial a medida que a quantidade de casos aparecem, ou seja, quanto mais denúncias o tricolor sofrer, maior será o valor cobrado.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O Time de Guerreiros foi denunciado por:
  • Aos 15 minutos, três sinalizadores foram acesos e uma bomba foi detonada na Tribuna Sul, onde se reúnem os torcedores do Fluminense;
  • Minuto 74′, uma bomba explodiu na arquibancada Sul, ocupada por torcedores do Fluminense; .
  • Aos 78 minutos, uma bomba foi detonada na arquibancada sul, onde ocupava a torcida do Fluminense;
  • Minuto 80′, outra bomba é detonada na arquibancada sul ocupada pelos torcedores do Fluminense.

Fluminense em clima de férias

Líder isolado do Grupo A com 11 pontos, seis a mais que o Colo-Colo, o elenco comandado por Fernando Diniz não precisará entrar em campo com o time titular diante do Alianza Lima. No entanto, mesmo aproveitando o clima de “férias”, os cariocas terão mais uma façanha a cumprir. Nesta quarta-feira (22), o tricolor recebe o Sampaio Corrêa no jogo da volta da terceira fase da Copa do Brasil.

Iara Alencar

Sou apaixonada por esportes, principalmente pelo futebol. Trabalho há cinco anos como redatora esportiva e publico matérias sobre as principais ligas da modalidade. Adoro escrever e estar por dentro de tudo que envolva o mundo da bola.
Botão Voltar ao topo