Últimas Notícias do Fluminense

Está confirmado: Artilheiro do Brasileirão, Paulinho é do Fluminense

O Fluminense tem diversos torcedores dentro de outros clubes, coisa que faz parte do futebol. No entanto, dentre estes, um em especial confessou que acompanhou a trajetória Tricolor na Copa CONMEBOL Libertadores de 2008, culminando com o vice-campeonato diante da LDU no Maracanã.

O atacante Paulinho, cria do Vasco da Game, e atualmente no Atlético-MG, confessou que estava no Maracanã no dia da grande final. O atleta compartilhou com a ESPN que, por vezes, saía um pouco mais cedo da escola – já que frequentava as aulas à tarde – para ir ao estádio com seu pai.

“Não sei nem se eu poderia estar falando isso, mas me vem a primeira final da Libertadores de 2008, entre Fluminense e LDU. Eu estava no Maracanã e foi um dia bem triste. Lembro que a campanha foi muito boa, a gente estava em quase todos os jogos no Maracanã. Meu pai às vezes tirava a gente cedo da escola para ir ao Maracanã, porque eu estudava de tarde. O jogo às vezes era 19h30, 19h e ele buscava a gente cedo na escola para pegar o metrô e ir ao Maracanã”.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Além disso, o jogador comentou que a derrota foi um dia muito triste para ele e seu irmão: “Claro que na final foi um dia triste, que meu irmão passou mal na cadeira do Maracanã. A gente estava vivendo aquela emoção de torcedor, que é uma parada legal. Se formos parar para perceber, no nosso futebol brasileiro, é algo que é muito marcante para nossa cultura”.

Paulinho comenta sobre emoção da infância com o Fluminense

Paulinho, que sofreu na final de 2008, comentou que achou boa a final da competição voltar ao estádio do Maracanã. Desta forma, o jogador expressou a intenção de estar novamente “em casa”:

“O Maracanã é minha casa. Foi minha casa, muito tempo, como torcedor. Depois joguei e pude fazer gol justamente contra o Fluminense. E é no Rio de Janeiro, lugar que eu sou nascido e criado, onde estão minhas raízes, e, com certeza, será um dos meus maiores sonhos realizados de conquistar um título no Maracanã e dando alegria para aqueles que me deram carinho, sempre me apoiaram, deram confiança e estiveram do meu lado durante todo o percurso e toda a temporada”.

Alvaro Cunha

Completamente apaixonado por esportes, videogames e cinema. Acompanha diversas competições de futebol, futebol americano, corridas, golfe e outros esportes.
Botão Voltar ao topo