Últimas Notícias do FluminenseDestaquesJogos e Partidas do Fluminense

Dirigente da LDU compra briga com o Fluminense

Dirigente bateu boca com o clube nas redes sociais

O primeiro jogo da final da Recopa Sul-Americana ainda continua rendendo. Após Felipe Melo criticar, em coletiva de imprensa, a postura da arbitragem escalada pela Conmebol para apitar o embate contra a LDU, o o presidente da Liga Profissional de Futebol do Equador, Miguel Angel Loor, permaneceu rebatendo as contestações do Fluminense.

Em um tom mais equilibrado, o mandatário reformulou seu posicionamento quanto às críticas de Felipe Melo e mandou um recado ao Tricolor das Laranjeiras. Segundo o presidente, a atitude do zagueiro não deve ser tolerada, uma vez que se fossem os equatorianos causando a mesma polêmica os jornalistas brasileiros não iriam interpretar de forma amena.

– Leia bem e entenda. Tentei fazer uma analogia. Mas se você quiser, te direi como deve ser: Que um jogador grite com os jornalistas do país em entrevista coletiva que é só por não perguntar o que ele quer se ele for mimado e arrogante. Se um equatoriano fosse um jogador gritando assim numa coletiva de imprensa com jornalistas do Brasil, não quero imaginar o que lhe teriam dito. Não creio que seja um comportamento que deva ser aplaudido, pelo contrário, deveria ser corrigido. Aproveite o jogo de volta, saudações – disse o presidente.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fluminense no início da confusão

A princípio, o zagueiro do Fluminense teria perdido a paciência na coletiva de imprensa após derrota para a LDU por 1 a 0. Após posicionamentos questionáveis da arbitragem, Felipe Melo saiu da sala de reuniões por não ter recebido nenhuma pergunta sobre o baixo desempenho do juiz. Dessa forma, o presidente da Liga Profissional de Futebol do Equador perdeu a cabeça e mandou o defensor ir par ao inferno em postagem nas redes sociais.

– “Se isto acontecesse na LigaPro e fosse um jogador local, os jornalistas hoje estariam a contar-lhe tudo; “mimado, arrogante, mau perdedor” etc. Não sei o que aconteceu ontem, mas espero que eles não tenham ficado sem palavras com tanta resistência e gritos. Quem quer que seja, não pode falar com eles dessa maneira. Deviam ter mandado esse brasileiro para o inferno imediatamente” – publicou Miguel.

Indignados com a violência externada pelo presidente, o Fluminense repudiou a postagem no X (antigo Twitter. Confira abaixo o pronunciamento do Tricolor das Laranjeiras que resultou em uma réplica do mandatário:

– “O Fluminense FC repudia a forma agressiva como o presidente da Liga Profissional de Futebol do Equador, Miguel Angel Loor, se refere ao nosso capitão Felipe Melo. Lembramos que é absolutamente normal, no ambiente esportivo e num país democrático com liberdade de expressão, que um atleta justificadamente exponha suas opiniões, como foi feito durante coletiva após o jogo da CONMEBOL Recopa. O Fluminense ressalta que a atitude inconcebível desse senhor não se coaduna com o tratamento cordial que recebemos da LDU, o qual retribuiremos no Rio de Janeiro no que promete ser uma grande final” – publicou o clube carioca.

Iara Alencar

Sou apaixonada por esportes, principalmente pelo futebol. Trabalho há cinco anos como redatora esportiva e publico matérias sobre as principais ligas da modalidade. Adoro escrever e estar por dentro de tudo que envolva o mundo da bola.
Botão Voltar ao topo