Últimas Notícias do FluminenseDestaquesFluminense no BrasileirãoJogos e Partidas do Fluminense

Diniz recebe ótima notícia para derrotar o Vasco

Jogador foi liberado do DM

Alvo de críticas por parte da torcida devido às suas improvisações, Fernando Diniz terá um problema a menos no sistema ofensivo do Fluminense. Liberado pelo departamento médico, Keno voltou a treinar normalmente com seus companheiros de equipe após apresentar uma entorse no tornozelo esquerdo. Sem limitações, o atacante pode marcar presença no confronto diante do Vasco.

Neste sábado (20), em jogo válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, Fluminense e Vasco da Gama protagonizarão um dos duelos mais imponentes. No entanto, mesmo oscilando em campo, o Tricolor das Laranjeiras terá Keno como nova opção no ataque. Por outro lado, é válido destacar que Diniz pode pisar no freio, uma vez que o camisa 11 ainda não recobrou seu condicionamento físico.

Sendo assim, o mais correto é esperar que o jogador possa ser convocado para auxiliar seus companheiros de equipe apenas no segundo tempo. No mais, a provável escalação do Fluminense para duelar contra o Vasco será composta por:

  • Fábio – Samuel Xavier – Manoel – Felipe Melo – Marcelo – André – Martinelli – Paulo Henrique Ganso – Germán Cano – Jhon Arias e Marquinhos
Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Diniz critica baixo rendimento do plantel

Segundo Fernando Diniz, o Fluminense ainda não conseguiu mostrar o mesmo futebol de quando foi campeão da Libertadores da América. Diante do Bahia, na derrota por 2 a 1, o comandante explicou que a vitória escapou das mãos do tricolor devido aos erro constantes na saída de bola. No entanto, com o retorno gradativo dos atletas que estavam no departamento médico, a tendência é que o time se encaixe.

– “A gente começou a pressionar e errou na saída. A gente começou a errar na primeira fase de construção, coisa que a gente não costuma errar. A maior parte dos nossos erros foi na saída. Talvez se tivesse um zagueiro, a gente não teria tomado o segundo gol, talvez. Com um jogador da posição ali. Infelizmente hoje a gente errou muito mais do que devia” – explicou ele.

Iara Alencar

Sou apaixonada por esportes, principalmente pelo futebol. Trabalho há cinco anos como redatora esportiva e publico matérias sobre as principais ligas da modalidade. Adoro escrever e estar por dentro de tudo que envolva o mundo da bola.
Botão Voltar ao topo