DestaquesÚltimas Notícias do Fluminense

Diniz recebe misto de aplausos e vaias no Maracanã

Certamente, uma das páginas mais curiosas do ano de 2023 está relacionada ao treinador Fernando Diniz. Em 2022, ele recebeu sua segunda chance de comandar o Fluminense, onde teve uma breve passagem em 2019 que surpreendeu pelo estilo de jogo, mas enfrentou desafios devido aos resultados.

No entanto, em sua segunda passagem pelo Flu, o técnico surpreendeu e, após persistir na implementação de sua filosofia de futebol, conquistou triunfos gigantes como o Campeonato Carioca de 2023 e a Libertadores. Devido ao seu desempenho excepcional, foi convocado para treinar a seleção brasileira, posição que espera ocupar até junho de 2024.

No entanto, na seleção nacional, apesar de um início muito promissor com duas vitórias em dois jogos, o técnico sofreu um grande derrocada. Em seus últimos quatro jogos, perdeu três e empatou um, resultando em uma experiência amarga para o treinador e na última semana, Diniz viveu um momento curioso, sendo vaiado e depois aplaudido em um período de 24 horas.

Torcedores protagonizam momento curioso com Diniz 

Sendo treinador do Brasil e do Fluminense nesta semana, Fernando Diniz viveu um momento bastante peculiar em sua carreira. Na terça-feira (21), o técnico esteve à frente da Seleção no Maracanã na derrota para a Argentina, sendo vaiado e chamado de burro por diversos torcedores, alguns dos quais até torceram para a Argentina.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

No entanto, menos de 24 horas depois, na quarta-feira (22), Diniz retornou ao Maracanã, desta vez como técnico do Fluminense, sendo ovacionado e aplaudido no confronto pelo Brasileirão contra o São Paulo. Durante a coletiva, ele comentou sobre os episódios ocorridos e seu relacionamento com o torcedor.

“São situações muito diferentes. Minha relação com o Fluminense sempre foi boa. Vivo um momento de apogeu, de glória pela conquista da Libertadores, título inédito para o clube. Isso só aumenta a conexão que tenho com a torcida. Com relação às vaias no jogo de ontem, eu entendo completamente. Sempre soube aceitar, estou no cargo e corresponde a algo que não tenho surpresa. Embora o time tenha jogado bem ontem (terça-feira) e merecido uma sorte melhor. É buscar melhorar tanto aqui quanto lá” – disse Diniz durante a coletiva.

Agora, sem mais compromissos com a Seleção até 2024, Fernando Diniz focará exclusivamente no Fluminense até março, quando terá dois amistosos pelo Brasil contra a Espanha e a Inglaterra. Já no final do ano, o treinador mira o Mundial de Clubes em dezembro buscando o troféu com o Tricolor.

Leonardo Simões

Trabalhar com futebol é algo que hoje é minha maior realização, por mais que em outras áreas eu tenha uma boa qualidade é no futebol que eu me identifiquei.Também sou apaixonado por basquete e sempre tento acompanhar todas as ligas, sendo bem antenado a acompanhar diversos esportes além do futebol.Antes de trabalhar com futebol fiz diversos trabalhos, sendo de atendente em shopping até vendedor em televendas, e principalmente após começar a faculdade de jornalismo decide rumar para a área esportiva.
Botão Voltar ao topo