Últimas Notícias do FluminenseDestaquesFluminense no BrasileirãoJogos e Partidas do Fluminense

Diniz rasga o verbo após ser questionado sobre novo improviso no Fluminense

Treinador não cogita mudar estilo de jogo

Em jogo válido pela décima primeira rodada do Brasileirão, o Fluminense conheceu sua sétima derrota na competição, mas desta vez com um gosto ainda mais amargo. Seguindo o plano de improvisações, Fernando Diniz foi atropelado taticamente pelo Flamengo, que venceu o embate por 1 a 0. Apesar das críticas, o treinador tricolor não pretende mudar seu estilo de jogo nas Laranjeiras.

Presente na coletiva de imprensa, o comandante discorreu sobre o clássico diante do Flamengo. Mesmo afirmando ter sido inferior ao rival, Diniz pontuou a necessidade de arriscar com algumas mudanças na escalação. De modo geral, o treinador explicou o motivo de ter relocado Martinelli do meio de campo para fazer dupla na defesa com Antônio Carlos. 

“Quando a gente jogou com jogadores em cada um na sua posição, a gente também perdeu. Não é esse o ponto. O momento que todo mundo esteve na sua posição (contra o Flamengo), foi quando tomamos o gol. Aceito as críticas, mas acredito que esse não seja o motivo. Não é descabido falar das improvisações. Mas diante do cenário que vamos analisar, achei que era o melhor para esse tipo de situação”, explicou o treinador. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

A questão principal é que as mudanças drásticas de Fernando Diniz levaram o Fluminense a amargar mais uma rodada na lanterna do Campeonato Brasileiro. Com apenas seis pontos, o Tricolor das Laranjeiras acumula uma vitória, três empates e sete derrotas na principal competição nacional. 

Diniz na corda bamba do Fluminense 

Apesar das classificações às oitavas de final da Copa do Brasil e Libertadores da América, os torcedores do Fluminense perderam de vez a paciência com Diniz. Na Série A, o Time de Guerreiros conseguiu triunfar apenas diante do Vasco (2 a 1) e mesmo assim como muita dificuldade. Com o cenário catastrófico, os tricolores pedem a rescisão contratual do treinador. 

Devido às perseguições dentro e fora das arquibancadas, os dirigentes do Fluminense marcaram uma reunião para esta segunda-feira (24), com a finalidade de definir o futuro do comandante. A princípio, o nome de Diniz já não é mais unanimidade entre os representantes tricolores e sua quebra de contrato tem sido apoiada, inclusive, por alguns jogadores. 

Iara Alencar

Sou apaixonada por esportes, principalmente pelo futebol. Trabalho há cinco anos como redatora esportiva e publico matérias sobre as principais ligas da modalidade. Adoro escrever e estar por dentro de tudo que envolva o mundo da bola.
Botão Voltar ao topo