DestaquesFluminense no BrasileirãoÚltimas Notícias do Fluminense

Diniz propõe nova regra para o Campeonato Brasileiro de 2024

A vitória sobre o Santos por 3×0 ontem ficou marcada por uma grande atuação do Fluminense. Mesmo sem buscar grandes conquistas, o time de Fernando Diniz se impôs diante do rival e não deu chances ao time alvinegro, vencendo por um placar bem elástico e mantendo a boa fase da equipe que perdura desde as finais da Libertadores.

Invicto desde o título continental, o Flu, que muitos pensavam que entraria de férias até o Mundial, demonstrou o contrário, mantendo a ética e o respeito pelos adversários, não entregando resultados e fazendo os melhores jogos possíveis para encerrar o campeonato da forma mais honrosa possível.

Entretanto, a vitória de ontem também foi marcada por uma polêmica mencionada pelo treinador Tricolor. Diniz propôs uma regra de que o campeonato não tivesse gramado sintético, local onde será o próximo jogo contra o Palmeiras no Allianz Parque, afirmando que o risco de lesão no gramado sintético é muito alto.

Diniz cria polêmica ao afirmar ser contra a grama sintética

Certamente um dos assuntos mais polêmicos no ano de 2023 é sobre a grama sintética, onde clubes como o Athletico Paranaense, Palmeiras e Botafogo possuem esse tipo de grama. Diversos torcedores e jogadores são contra esse tipo de gramado, e Diniz não foi diferente, afirmando ser contra a grama sintética.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Acho que oferece mais risco. Não gosto do campo de grama sintética. Não é o melhor para os jogadores. Não favorece o jogo e o risco de lesão aumenta. Tem uma corrida no mundo para que os campos de grama sintética sejam abolidos. Sou a favor de que tenhamos o campeonato somente com campo de grama”, afirmou o técnico do Flu sobre o polêmico assunto.

A grama sintética, inclusive, deve ser o principal motivo para Diniz não ir com força máxima na próxima rodada diante do Palmeiras, já que o gramado do Allianz ficou marcado por graves lesões, como a do Dudu, do Palmeiras, e o lateral Rafael, do Botafogo, ambos sofrendo lesão ligamentar no gramado sintético.

Apesar de não mandar força máxima também visando o Mundial, Diniz afirmou que cobrará o máximo da equipe que for para o jogo, entrando com seriedade acima de tudo, afirmando que: “Vamos tratar de fazer o melhor para o Fluminense, em qualquer campo e quaisquer jogadores que estejam em campo”.

Leonardo Simões

Trabalhar com futebol é algo que hoje é minha maior realização, por mais que em outras áreas eu tenha uma boa qualidade é no futebol que eu me identifiquei.Também sou apaixonado por basquete e sempre tento acompanhar todas as ligas, sendo bem antenado a acompanhar diversos esportes além do futebol.Antes de trabalhar com futebol fiz diversos trabalhos, sendo de atendente em shopping até vendedor em televendas, e principalmente após começar a faculdade de jornalismo decide rumar para a área esportiva.
Botão Voltar ao topo