Últimas Notícias do Fluminense

Diniz pode largar o Fluminense e assumir oficialmente a seleção, após demissão de presidente da CBF

A negociação entre a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), presidida na época por Ednaldo Rodrigues, e o técnico do Real Madrid, Carlo Ancelotti, iniciou-se em novembro de 2022 e teve um desfecho negativo para a CBF.

Isso aconteceu pois Rodrigues foi afastado do cargo de presidente da instituição, o que pode ter um grande impacto na chegada de Ancelotti, Além disso, ao que tudo indica, o treinador renovará seu contrato com o Real Madrid até 2026, conforme solicitado pelo presidente do clube, Florentino Perez.

O ex-vice-presidente da CBF, Flávio Zveiter, convidou Thiago Scuro, CEO do Mônaco, para o cargo de diretor da CBF, apresentando o projeto de contratar Carlo Ancelotti como técnico da seleção brasileira a partir de junho de 2024.

O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, apoiou a ideia e, após consultas e contato com Ancelotti, obteve um papel assinado pelo técnico italiano confirmando seu compromisso com a seleção brasileira.

Ancelotti pode não vir para a Seleção e Fernando Diniz será prioridade

No entanto, diversas pessoas duvidaram desta possibilidade, pois Ancelotti nunca falou publicamente sobre o assunto, alegando questões contratuais para isso. Desta forma, o técnico preferiu esperar o desfecho da temporada passada com o Real Madrid antes de decidir sobre sua renovação. Porém, Ancelotti, atualmente em destaque com resultados positivos, aceitou a proposta de renovação até 2026 feita por Florentino Perez, frustrando os planos da Amarelinha em ter um técnico de ponta.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O papel assinado por Ancelotti não tem valor jurídico, e a CBF está em uma situação complicada com a possibilidade de não contar com o técnico italiano. Outros nomes como José Mourinho e Jorge Jesus são mencionados como possíveis substitutos. No entanto, ao que tudo indica, Fernando Diniz poderá deixar de ser interino, e finalmente treinar exclusivamente a Seleção Brasileira, abandonando o comando do Fluminense.

Alvaro Cunha

Completamente apaixonado por esportes, videogames e cinema. Acompanha diversas competições de futebol, futebol americano, corridas, golfe e outros esportes.
Botão Voltar ao topo