Últimas Notícias do Fluminense

Diniz mal saiu do Fluminense e já está sendo esquecido por jogadores

Na última quinta-feira (4), o Fluminense retornou aos gramados pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, e recebeu o Internacional no Maracanã. Mesmo em situação delicada, lutando contra o rebaixamento, o torcedor do clube carioca chegava entre importantes expectativas, marcando a estreia de Mano Menezes ao comando do elenco. O placar terminou em 1 a 1.

Mesmo com pouco tempo de trabalho, ainda definindo prioridades e passando seu estilo de jogo, foi possível ver a evolução com a presença de Mano Menezes. O profissional chega em momento importante, preenchendo a vaga que anteriormente, estava nas mãos de Fernando Diniz. Após o duelo, Diogo Barbosa garantiu que a equipe precisa “esquecer” o antigo treinador.

“A tristeza é nítida porque o grupo estava com ele (Diniz) há dois anos e meio. Fico triste pela pessoa que nós tínhamos uma relação muito boa com ele, nossa relação com o Diniz é algo fora de série. Todo mundo conhece a forma do Diniz de trabalhar, mas infelizmente o futebol não tem tempo para isso, para tristeza. A gente tentou esquecer a saída dele e tentar mudar o ambiente e conseguir as vitórias. Agora com a chegada do Mano, a gente precisa esquecer isso e fechar com ele”, revelou

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Diniz deixou marca importante no Fluminense

Diniz foi nome extremamente importante ao Fluminense, especialmente na temporada anterior. Juntos, conquistaram a sonhada Copa Libertadores da América de 2023, em destaque evidente no cenário nacional. A final se desdobrou contra o Boca Juniors, e proporcionou o primeiro título da história da equipe na competição. No entanto, a queda de rendimento marcou o novo ano.

Inicialmente, Fernando Diniz se deparou com um grande problema em relação às lesões, contando com um elenco desfalcado, diferente do que projetou. No entanto, os números insuficientes desagradavam o torcedor, que pediu por sua demissão. Inicialmente, a diretoria acionou Marcão, nome de confiança da equipe, mas decidiu buscar Mano Menezes, com o objetivo de se livrar do rebaixamento.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo