Últimas Notícias do Fluminense

Diniz joga tudo no ventilador sobre árbitro de Fluminense x Vasco

Em um final de semana marcado por clássicos, o Fluminense recebeu o Vasco da Gama no Maracanã, e completou uma vitória por 2 a 1, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Para o clube alvinegro, o resultado não saiu como o esperado, e ao final da partida, as reclamações se desdobraram sobre um pênalti que não teria sido marcado por Wilton Pereira Sampaio. 

No entanto, em entrevista ao ‘UOL’, todos os árbitros que participaram da pesquisa entenderam que foi correta a decisão de Wilton Pereira Sampaio, sobre não marcar a penalidade. Para o técnico Fernando Diniz, o profissional se saiu bem e caminha como um dos melhores do país. No entanto, ressaltou que se fosse para reclamar, o Fluminense teria mais motivos.

“Esse é um dos melhores que a gente tem no Brasil, não por acaso foi para a Copa do Mundo. O jeito dele de apitar me agrada, deixa o jogo correr. Se fosse para reclamar, acho que a gente teria mais coisa para reclamar que o Vasco. Quem apita assim, sempre está mais perto de cometer outro erro. Mas é um jeito que eu gosto”, disse.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fluminense pode usar vitória como motivação para a Libertadores

O Fluminense retorna aos gramados já na próxima quinta-feira (25), com um tempo maior para a preparação para o encontro contra o Cerro Porteño, no Paraguai, pela terceira rodada do Grupo A da Copa Libertadores da América. A vitória contra o Vasco da Gama pode surgir como uma importante motivação. Carlos Eugênio Simon, comentou sobre o possível pênalti na ESPN.

“Não foi pênalti: o Vegetti gira o corpo, bate e o Manoel está tentando recolher o braço. Na imagem, não fica claro se pegaria na barriga ou não, mas pega no antebraço. Não é gesto antinatural e não é mão deliberada, portanto não é pênalti. A ressalva é que é o árbitro de vídeo deveria chamá-lo. O Wilton deveria ter ido na beira do campo analisar o lance.”

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo