Últimas Notícias do Fluminense

Diniz é comunicado e Fluminense já está acertado com novo técnico

O Fluminense vive agitado início de temporada, e vem utilizando o período para definir prioridades para a sequência dos compromissos. Assim, definiu o novo técnico da equipe sub-15, contando com Diogo Calhau como o comandante do grupo. O treinador de 43 anos, assume a posição após a promoção de Felipe Canavan, que agora caminha ao Sub-17 do clube.

O treinador chega após um trabalho de revelações e títulos, que lhe proporcionou importante destaque. O ex-treinador das divisões de base do Vasco da Gama, se diz motivado para trabalhar ao lado dos garotos do Fluminense. O profissional comenta a importância da categoria do clube na visão internacional, e garante que contribuirá para que a equipe siga como referência.

“Chego ao Fluminense feliz por me juntar a um dos maiores trabalhos de base do país. Será certamente uma grande vivência e é motivo de satisfação para mim, porque a categoria de base do clube tem um reconhecimento internacional. Sei da importância do que vem sendo feito ao longo dos anos e, com certeza, buscarei contribuir para a formação de Moleques de Xerém, para que continuem sendo referência no Brasil”, declarou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

CT do Fluminense é visto com bons olhos para trabalho da base

O profissional segue atuando como treinador desde a temporada de 2019, ao lado do Sub-14 e Sub-15. Calhau conquistou a Licença B da CBF e é dono de importantes convocações para o cargo de auxiliar-técnico da Seleção Brasileira Sub-15 e Sub-18. O profissional, mesmo lidando com uma parte de destaque do futebol, se mostrou surpreso com a estrutura no Centro de Treinamento.

“Todo o clube me recebeu bem. Deu para perceber que o Fluminense tem um trabalho bastante estruturado. Já percebia quando competia contra, mas, vivendo o dia a dia, vejo que as ideias são realmente seguidas à risca por todos, o que se aplica aos atletas, que, quando vão a campo, mostram que estão dentro do que se propõe como metodologia de jogo. São muito comprometidos”, revelou.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo