Últimas Notícias do Fluminense

Diniz detona o elenco do Fluminense após derrota no clássico

Na noite deste sábado, o Fluminense enfrentou uma derrota desafiadora diante do Flamengo, por 2 a 0, pela semifinal do Campeonato Carioca. A partida, que culminou em um resultado adverso para o Tricolor, trouxe à tona críticas do técnico Fernando Diniz à performance do time, especialmente no primeiro tempo do jogo.

Diniz expressou sua insatisfação com a equipe, apontando uma falta de existência em campo na primeira etapa. “O que mudou foi a postura do time. O time que não existiu no primeiro tempo. Se fosse só por conta da marcação, o time teria trocado passes com mais velocidade, criado mais chances. Mas a gente não criou e a gente não marcou”, lamentou o treinador, enfatizando que a falta de criatividade e a ineficácia na marcação não estavam ligadas unicamente à formação inicial. Segundo ele, o problema era mais amplo, envolvendo a abordagem geral da equipe.

Fernando Diniz ficou na bronca com os jogadores do Fluminense

Apesar de uma melhoria no segundo tempo, com o Tricolor mostrando mais agressividade e controle, Diniz reiterou que as alterações táticas não foram a única razão para a mudança. Ele atribuiu a melhora a um ajuste na postura do time, que se mostrou mais competitivo, mesmo reduzido a dez jogadores após a expulsão de Thiago Santos.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O treinador também abordou a decisão de iniciar com Renato Augusto ao lado de PH Ganso, uma escolha que, na visão de alguns, poderia comprometer o equilíbrio defensivo da equipe. Contudo, Diniz defendeu sua escolha, argumentando que a performance insatisfatória não podia ser simplificada a decisões individuais.

Refletindo sobre a sequência de resultados negativos em clássicos, Diniz admitiu que a equipe tem estado abaixo do esperado nessas ocasiões, enfatizando a necessidade de uma melhora consistente para reverter o cenário atual.

Torcida ficou frustrada

Em relação aos protestos da torcida após o jogo, Diniz mostrou respeito pela reação dos torcedores, reconhecendo o direito de expressarem sua insatisfação. “A torcida está no direito de expressar sua frustração”, afirmou, prometendo uma resposta em campo para entregar performances de maior qualidade.

Concluindo, o técnico do Fluminense destacou a urgência de recuperar a confiança e melhorar a postura da equipe, especialmente diante do jogo de volta decisivo contra o Flamengo, onde o Tricolor buscará reverter o déficit e alcançar a final do campeonato.

Alvaro Cunha

Completamente apaixonado por esportes, videogames e cinema. Acompanha diversas competições de futebol, futebol americano, corridas, golfe e outros esportes.
Botão Voltar ao topo