Últimas Notícias do Fluminense

Diniz compara Terans a novo Ronaldinho Gaúcho

Ainda em 2023, o Fluminense proporcionou temporada dos sonhos aos torcedores, conquistando pela primeira vez em sua história, a taça da Copa Libertadores da América. Pensando nisso, com o objetivo de dar continuidade às conquistas ao comando de Fernando Diniz, o Tricolor foi em busca de reforços e anunciou a contratação de David Terans, atleta que chegou entre importantes expectativas.

Contudo, o atleta ainda não conseguiu alcançar o resultado esperado com a camisa do Fluminense. A situação é vista com certa preocupação aos torcedores, diferente da visão de Fernando Diniz, que entende ser algo natural. Em entrevista ao ‘ge’, questionado sobre o momento de Terans, o treinador usou o exemplo de Keno, adquirido pelo clube no ano passado.

“O Terans está chegando agora e tudo ainda é muito novo. Por exemplo, o Keno ano passado só desabrochou do meio para o fim do ano. O Renato (Augusto) também vive esta situação. Quem joga no corredor central ou no meio (tem mais dificuldade), o time tem um jeito diferente de marcar e de jogar. Temos que dar tempo para a adaptação. Acredito que eles vão nos dar muitas alegrias”.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Diniz conta com evolução de atletas no Fluminense

Na temporada de 2021, Keno foi peça essencial na equipe do Atlético-MG, vencendo os títulos do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil, sendo chamado pela Massa Atleticana de Kenaldinho (em associação à Ronaldinho Gaúcho). Contudo, ao final de 2022, o jogador foi anunciado como reforço do técnico Fernando Diniz, também em importante expectativa sobre a nova fase.

Keno também precisou de um tempo antes de se tornar peça chave da equipe comandada pelo técnico Fernando Diniz, situação que pode gerar um ânimo maior para que Terans busque sua vaga no time. O mesmo aconteceu com o meia Renato Augusto. Agora, buscando sua melhor versão, o clube se prepara para o próximo desafio pelo Campeonato Brasileiro, antes de voltar aos jogos da Libertadores.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo