DestaquesMercado da Bola do FluminenseÚltimas Notícias do Fluminense

Deixou o Fluminense para virar chacota em outra estado

O Fluminense nos últimos anos tem se destacado por contratar com extrema eficiência seus reforços, sem gastar muito e com um planejamento mais profissional. No entanto, um dos jogadores contratados pelo clube gerou muita polêmica entre dois clubes fora do Rio de Janeiro.

Contratado em 2020 pelo Fluminense, junto ao Tombense de Minas Gerais, o lateral Caio Paulista no clube Tricolor pouco se destacou, perdendo espaço a cada temporada. Em 2023, foi repassado por empréstimo ao São Paulo, onde, com o clube paulista, conquistou a Copa do Brasil e se tornou um dos grandes jogadores do elenco.

Apesar do bom relacionamento com a torcida e diretoria do São Paulo, e com o Fluminense já tendo Marcelo para a posição, era esperado que Caio permanecesse definitivamente no São Paulo, sendo comprado por cerca de 3,5 milhões de dólares. No entanto, as duas diretorias não chegaram a um acordo pelo atleta, e o Palmeiras, rival do São Paulo, levou o lateral.

Vale lembrar que em 2023, Caio foi autor do gol que eliminou o Palmeiras na Copa do Brasil, e a contratação pelo lado do Palmeiras gerou muita polêmica, sendo tratado como “Judas” pelo São Paulo. O Fluminense, que não tinha interesse em ficar com o lateral, lucrou R$ 11,4 milhões por Caio, detendo 80% dos direitos do jogador.

Caio Paulista virou motivo de chacota na final da Supercopa Rei

Com ambas as equipes se encontrando na final da Supercopa Rei, onde o São Paulo, atual campeão da Copa do Brasil, enfrentou o atual campeão do Brasileirão, o Palmeiras. O Tricolor levou a melhor nos pênaltis após o empate no tempo normal por 0x0. Caio Paulista, agora do lado alviverde, foi um dos mais provocados após o título, por ter “pulado o muro”.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Teve gente que pulou o muro e foi vice-campeão. E aí, meu parceiro, só não vou dar um couro. Ficou com a medalha de prata, nós ficamos com a de ouro!” – disse Rafinha, lateral direito do São Paulo após o final da partida, provocando o ex-companheiro, que além de vice-campeão, virou banco no Palmeiras logo nas primeiras partidas.

O perfil oficial do São Paulo também publicou uma menção ao ex-lateral, zombando do mesmo. Uma taça de vinho com a legenda “vou dormir triste hoje” fez com que o lateral se tornasse ainda mais motivo de chacota. A provocação foi em alusão a uma mensagem semelhante que Caio Paulista, quando estava no São Paulo, publicou provocando o Palmeiras. Atualmente no Alviverde, Caio virou um dos grandes motivos de provocação.

Leonardo Simões

Trabalhar com futebol é algo que hoje é minha maior realização, por mais que em outras áreas eu tenha uma boa qualidade é no futebol que eu me identifiquei.Também sou apaixonado por basquete e sempre tento acompanhar todas as ligas, sendo bem antenado a acompanhar diversos esportes além do futebol.Antes de trabalhar com futebol fiz diversos trabalhos, sendo de atendente em shopping até vendedor em televendas, e principalmente após começar a faculdade de jornalismo decide rumar para a área esportiva.
Botão Voltar ao topo