Últimas Notícias do Fluminense

Crise? Marcelo gera clima pesado nos bastidores do Fluminense

Através de seu canal no YouTube, o jornalista Gabriel Amaral reportou que o clima nos bastidores do Fluminense está tenso. Marcelo, que está afastado há muito tempo devido a uma lesão, teve um papel determinante nessa situação.

De acordo com Amaral, Marcelo acredita que retornou ao Fluminense apenas para jogar as partidas mais importantes. No entanto, a comissão técnica liderada por Fernando Diniz valoriza ter todos os jogadores disponíveis o tempo todo, incluindo o lateral-esquerdo.

Com uma sequência intensa de jogos, o Fluminense também tem enfrentado várias lesões. Insatisfeito, Marcelo fez algumas reclamações internas que não foram bem recebidas pelo grupo. Algumas de suas críticas atingiram até mesmo Nilton Petrone, conhecido como Filé, coordenador do departamento de fisioterapia.

Felipe Petrone, filho de Filé, que trabalhava no clube há quase nove anos e era visto como seu sucessor, decidiu deixar o Fluminense para trabalhar como gestor de saúde e desempenho de jogadores em Minas Gerais.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Consequências pesadas no grupo

Com todos esses acontecimentos, Marcelo acabou se isolando no grupo. Ele tem uma relação mais próxima com os jovens jogadores que subiram recentemente das categorias de base e o veem como um ídolo. No entanto, os demais jogadores estão do lado da comissão técnica.

A eliminação para o Flamengo na Copa do Brasil gerou repercussões internas no Fluminense. Após ver críticas nas redes sociais alegando que ele havia “pipocado”, Marcelo cobrou veementemente o departamento de futebol, inclusive o diretor-executivo Paulo Angioni, exigindo que fosse divulgado que ele realmente estava com uma lesão na panturrilha, o que acabou acontecendo posteriormente.

Vale lembrar que divulgar lesões é uma espécie de “tabu” no Fluminense. Um exemplo recente é o caso de Matheus Ferraz, em que o clube tentou esconder o fato de que o experiente zagueiro tinha um grave problema e precisou passar por uma cirurgia.

Rodrigo Simões

Apaixonado por futebol internacional e alternativo, assim como por lutas (MMA, sobretudo). A melhor coisa do mundo é desfrutar de um estádio em dia de jogo e de um bom show de rock n' roll.
Botão Voltar ao topo