DestaquesÚltimas Notícias do Fluminense

Crias do Fluminense passam vergonha e Brasil pode ficar fora das Olimpíadas

A Seleção Brasileira, neste início de 2024, busca uma vaga nas Olimpíadas de Paris em 2024, sendo a seleção detentora do atual bicampeonato do torneio, vencendo em 2016 no Rio e em 2021 em Tóquio. A Seleção agora busca a vaga para estar em Paris no meio do ano, mas, infelizmente, começou com o pé esquerdo na segunda fase do Pré-Olímpico.

Comandado por Ramon Menezes e contando com John Kennedy e Alexsander, ambos jogadores do Fluminense, o Brasil iniciou a segunda fase do Pré-Olímpico perdendo para o Paraguai por 1×0. Essa derrota coloca um sinal de alerta extremo, já que a seleção agora tem a obrigação de vencer os dois próximos jogos para se classificar para as Olimpíadas.

Vale lembrar que, nessa fase do Pré-Olímpico, as quatro seleções classificadas (Paraguai, Brasil, Venezuela e Argentina) disputam em um grupo, enfrentando cada seleção em turno único. As duas melhores se classificam para as Olimpíadas. O Brasil, como perdeu o primeiro de três jogos, necessita a todo custo vencer as duas próximas partidas.

A Seleção Brasileira, inclusive, desde que o Pré-Olímpico é disputado, só ficou de fora dos Jogos Olímpicos em três oportunidades: 1980, em Moscou, 1992, em Barcelona, e 2004, em Atenas. A não participação em 2024 seria ainda mais vergonhosa para a Seleção Canarinho, que ficaria de fora da sua quarta Olimpíada, além de ser o atual bicampeão.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Como fica a situação da Seleção?

O Brasil, que não vinha desempenhando um bom futebol nesta edição do Pré-Olímpico, mesmo assim passou em 1º do seu grupo com três vitórias e uma derrota. Em 2º avançou a Venezuela (anfitriã). No duelo contra o Paraguai, mais do mesmo foi visto, o que irritou a torcida nas redes sociais.

Com direito a pênalti perdido no primeiro tempo e gol com falha da defesa, o Brasil não teve forças e mesmo com a dupla Tricolor John Kennedy e Alexsander entre os 11 titulares, nada foi suficiente para superar ou sequer empatar contra o Paraguai, que agora se prepara para enfrentar a Argentina na 2ª rodada.

O Brasil, por sua vez, irá enfrentar agora a Venezuela no dia 08/02, às 20h no horário de Brasília, e depois finaliza o quadrangular final no clássico contra a Argentina no dia 11/02, com horário ainda a ser confirmado. Fora do G4, vencer é a única solução para o Brasil não ficar de fora das Olimpíadas.

Leonardo Simões

Trabalhar com futebol é algo que hoje é minha maior realização, por mais que em outras áreas eu tenha uma boa qualidade é no futebol que eu me identifiquei.Também sou apaixonado por basquete e sempre tento acompanhar todas as ligas, sendo bem antenado a acompanhar diversos esportes além do futebol.Antes de trabalhar com futebol fiz diversos trabalhos, sendo de atendente em shopping até vendedor em televendas, e principalmente após começar a faculdade de jornalismo decide rumar para a área esportiva.
Botão Voltar ao topo