Últimas Notícias do Fluminense

Cria do Fluminense sofre ameaça de morte em rival carioca e pede para sair

Velho conhecido da torcida do Fluminense, Marlon Freitas pode estar de saída do Botafogo. A notícia chega de maneira impressionante ao futebol carioca, especialmente pela motivação da despedida. De acordo com o jornalista Jorge Nicola, o volante se deparou com “um bilhete com ameaças” em seu condomínio na última semana, e enviou uma solicitação para deixar o time.

Como revela o jornalista, o atleta tem sido um dos grandes alvos dos torcedores do Botafogo, desde o início da temporada, lidando “com vaias e pichações”. Contudo, de maneira contraditória, ele tem atuado em destaque e passou a receber elogios na mídia. Desde a semana passada, Marlon Freitas e seus representantes buscam a possibilidade de saída do clube carioca.

Vasco da Gama é quem acompanha de perto a situação do atleta, e realizou uma proposta de R$ 2 milhões pelo empréstimo do atleta, com a obrigação de compra caso atinja cinco jogos. Assim, os valores se desdobrariam em R$ 12 milhões na negociação. Para caminhar ao novo time, Marlon receberia o mesmo salário que embolsa com a camisa do Botafogo.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Marlon Freitas pode mudar de rota no futebol carioca

Contudo, contaria com mais três anos de contrato. No Botafogo, o vínculo caminha de maneira válida até o fim de 2025. A informação foi publicada na rede social X, antigo Twitter, pelo perfil ‘Diário dos Torcedores’. Nos comentários, os torcedores se mostraram divididos sobre a escolha, considerando que o atleta apenas mudaria de rota no próprio futebol carioca, com a possibilidade de sofrer pressão parecida.

O Botafogo se desdobrou em polêmica temporada no ano anterior, especialmente por ter perdido o título do Campeonato Brasileiro, após importantes rodadas na liderança. O clube não pretende se desfazer de Marlon, especialmente por um interesse que parte de um adversário direto no Rio de Janeiro. Além disso, a equipe entende sua importância em campo.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo