Últimas Notícias do Fluminense

Craque Neto pede perdão para a torcida do Fluminense por equívoco

Ex-jogador e apresentador da TV Band, Craque Neto é reconhecido por sua personalidade e por seu carisma, no entanto, as vezes passa do ponto e causa polêmicas desnecessárias. Na última segunda-feira (13), o profissional afirmou que os primeiros jogadores negros do Fluminense usavam talco no rosto para mudar o tom da pele, como se o clube limitasse os atletas pela cor.

No programa “Os Donos da Bola”, o ex-jogador se retratou com a torcida do Fluminense, já que disseminou uma história contorcida, que é extremamente levantada pelos adversários, de maneira a ser questionada. Assim, ele explicou sobre a origem do pó de arroz, e pediu que os torcedores não ficassem bravos com a sua declaração, já que foi um assunto contado em um livro.

Assim, o profissional voltou à história e contou que acabou acreditando na versão, que é usada de maneira negativa na história do Fluminense. Ainda durante a exibição, ele compartilhou um vídeo sobre a verdadeira explicação do significado dessa cultura do clube das Laranjeiras, ressaltando que os atletas utilizavam o pó, assim que faziam suas barbas.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fluminense busca foco total pela Copa Libertadores da América

O pó de arroz ainda é algo extremamente marcante na história da torcida do Fluminense. Por isso, Neto decidiu se desculpar com a torcida, com o presidente do clube, garantindo que gosta da camisa do Tricolor. O próprio elenco, no entanto, não demonstra preocupação em relação aos bastidores, e segue completamente focado para o seu próximo desafio, que acontecerá na quinta-feira (16).

Pela fase de grupos da Copa Libertadores da América, o Fluminense receberá o Cerro Porteño, em casa, às 19h. O técnico Fernando Diniz entende a importância da vitória, especialmente para dar continuidade ao seu trabalho na primeira posição, se classificando sem maiores problemas. O clube carioca chega para o confronto após uma derrota em 2 a 1, para o São Paulo.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo